Partidos recebem R$ 1,7 bi para campanha eleitoral nesta sexta

MDB, PT e PSDB ficarão com a maior fatia, num total de quase R$ 634 milhões.

A partir desta sexta-feira (1º) o Fundo Especial de Financiamento de Campanha (FEFC) dos partidos políticos brasileiros já será “abastecido” com os recursos provenientes do Tesouro Nacional para as eleições deste ano. De um total de R$ 1,7 bilhão que será distribuído aos 35 partidos registrados no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), MDB, PT e PSDB ficarão com a maior fatia, num total de quase R$ 634 milhões.

O MDB, que no Estado conta com lideranças como o deputado federal Carlos Bezerra, irá receber cerca de R$ 235 milhões. O PT, que tem como representante na Câmara Federal, Ságuas Moraes, ficará com quase R$ 213 milhões, e o PSDB, do governador Pedro Taques, R$ 186 milhões. Do outro lado da tabela, os partidos PSTU, PPL, PCB, PCO, PMR e NOVO receberão aproximadamente R$ 980 mil cada um.

Para distribuição do montante são levados em consideração critérios como, além dos 2% divididos igualitariamente entre todos os partidos, número de representantes no Senado e na Câmara Federal, bem como os votos obtidos na última eleição.

Neste ano, cada legenda deverá investir, no mínimo, 30% do fundo em candidaturas femininas, sendo que cabe aos diretórios nacionais a decisão do valor que será distribuído aos diretórios estaduais e estes, aos municipais.

Os recursos do Fundo Eleitoral que não forem utilizados nas campanhas devem ser devolvidos ao Tesouro Nacional, integralmente, no momento da apresentação da prestação de contas pelos partidos.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorDepois de reclamação de advogados, Tribunal de Justiça suspendeu prazos em 10 comarcas
Próximo artigoRogê Além faz show no Sesc Arsenal nesta quinta-feira

O LIVRE ADS