Partido Novo expulsa deputado que participou de manifestação em apoio a Bolsonaro

O deputado mineiro teria agido para que a polícia prendesse uma pessoa que jogava ovos em manifestantes bolsonaristas

(Foto: reprodução)

O partido Novo expulsou de suas fileiras o deputado estadual de Minas Gerais Bernardo Bartolomeo (Bartô), porque ele participou de uma manifestação em apoio ao presidente Jair Bolsonaro e também por “questões internas”.

O deputado mineiro teria agido para que a polícia prendesse uma pessoa que jogava ovos nos manifestantes bolsonaristas, atitude que foi considerada “vergonhosa” pela direção do partido.

Em uma nota divulgada nesta terça-feira (27), o partido afirma realizou todo o devido procedimento interno para a expulsão do parlamentar mineiro.

“A decisão foi tomada pela Comissão de Ética Partidária (CEP) em virtude da presença do deputado em manifestação de apoio ao presidente Jair Bolsonaro, em Belo Horizonte (MG), no dia 1º/05/2021”, diz um trecho da nota.

Perseguição a filiados conservadores

Desde que assumiu oficialmente o papel de oposição a Bolsonaro, a sigla vem tentando afastar antigos filiados e colaboradores conservadores e simpatizantes do presidente.

Em junho deste ano, o deputado federal Marcel Van Hatten afirmou sofrer pressões para deixar o partido. De acordo com o deputado, segmentos do partido já haviam pedido para que ele não fosse candidato.

Leia também:

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorAs culturas mais inusitadas do mundo
Próximo artigoAtor e dublador Orlando Drummond morre aos 101 anos