Parceria entre Sinop Energia e UFMT leva Museu Itinerante de Fauna e Flora para o município de Cláudia

A exposição também já foi vista por estudantes de escolas de Sinop e Sorriso

A variedade de formas de vida animal e vegetal (biodiversidade) da Amazônia Matogrossense foi apresentada  para os alunos do Projeto Bombeiros do Futuro, do município de Cláudia, durante a exposição do Museu Itinerante,  promovida pela Sinop Energia, Concessionária da Usina Hidrelétrica (UHE) Sinop, por meio do Programa de Educação Ambiental (PEA), em parceria com a Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Campus Sinop.

A atividade, realizada no dia 19 de outubro, faz parte do projeto de extensão do Instituto de Ciências Naturais, Humanas e Sociais (ICNHS) da UFMT, que tem como objetivo, ampliar o conhecimento dos estudantes quanto ao universo dos animais e das plantas; fazer um alerta a respeito dos fatores que podem causar o desequilíbrio natural; e despertar o interesse dos jovens para as ações que visam a preservação do meio ambiente.

Levando em consideração o público da exposição, a maioria jovens adolescentes, a programação foi realizada de forma dinâmica, sendo a parte teórica conduzida pelos técnicos do PEA e a prática, pela equipe do Museu. Segundo Jaqueline Pysklevitz, analista Socioambiental da Sinop Energia, a atividade foi um sucesso em função do empenho das instituições envolvidas, ou seja, a concessionária da Usina, a UFMT, a Secretaria de Educação do Município de Cláudia e o Projeto Bombeiros do Futuro. “A Educação Ambiental só acontece na prática quando há o envolvimento e comprometimento de vários autores e, especialmente, o envolvimento da sociedade”, afirmou Jaqueline.

O representante do Museu Itinerante, Ivanildo Fagner Ferreira, disse que a ação é fundamental para despertar a sensibilidade dos jovens e da população sobre a importância da fauna e da flora local. “Nosso objetivo é levar todas essas informações além dos muros da universidade, ou seja, o conhecimento sobre a nossa biodiversidade não deve ficar restrito aos acadêmicos”, explicou.

Para a secretária de Educação do Município de Cláudia, Claudevânia Anderle, atividades como esta são extremamente importantes para a formação dos alunos da rede pública. “As crianças têm a oportunidade de vivenciar e conhecer a diversidade da fauna e da flora da região e, ainda, trazer sua família para aprender também”, finalizou.

Valdemar Campos, um dos responsáveis pelo Projeto Bombeiros do Futuro, relatou que a exposição foi bastante alegre e produtiva, porque após a teoria, os alunos viram de perto os animais e a exuberância da flora do estado de Mato Grosso. “Isso faz com que os jovens valorizem cada vez mais a natureza e aprendam a conservá-la, foi muito gratificante ver como eles e seus familiares ficaram maravilhados”, relatou.

Conforme os responsáveis pelo Projeto, o Museu Itinerante da Flora e da Fauna da Amazônia Matogrossense já foi exibido anteriormente para alunos de escolas de Sinop e Sorriso e continuará sendo levado para outras localidades.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorCrime repugnante
Próximo artigoÓleo que vazou foi extraído de três campos na Venezuela, diz Petrobras

O LIVRE ADS