Para os 300 anos de Cuiabá, Cais do Porto será restaurado e ganhará restaurante

No local será construída uma área de lazer, com anfiteatro, elevador panorâmico, mirante e restaurante

Assessoria

O prefeito Emanuel Pinheiro assinou nesta quarta-feira (20) a ordem de serviço para início das obras de Requalificação do Cais do Porto, com um prazo contratual de 270 dias para execução, dentro do pacote de obras dos 300 Anos de Cuiabá. Os trabalhos devem começar na próxima segunda-feira (25), segundo o representante da X Nova Fronteira Construtora Ltda, empresa responsável pela execução.

“Essa assinatura representa não só o lançamento de mais uma importante obra para o desenvolvimento econômico, social, cultural e turístico do município, mas é também um resgate da cuiabania com o Porto, sendo essa região pioneira responsável por todo o processo de crescimento nesses quase 300 anos de história. Muitas coisas boas aconteceram nessa travessia do caudaloso Rio Cuiabá”, disse o prefeito.

A elaboração e construção do projeto foram viabilizadas graças à articulação da Prefeitura junto ao Ministério do Turismo, garantindo a chegada de recursos. No total, serão investidos R$ 2.416.756,96 e todo acompanhamento da execução será feito pela Secretaria Municipal de Obras Públicas.

“Iremos acompanhar e fiscalizar constantemente para que a obra saia com a melhor qualidade técnica possível e que seja entregue dentro das comemorações do aniversário do tricentenário da Capital”, ressaltou o secretário municipal de Obras Públicas, Vanderlúcio Rodrigues.

No local será construída uma área de lazer e de contemplação da natureza, com anfiteatro, elevador panorâmico, mirante e restaurante. “Ver esse ponto, por anos esquecido, com as estruturas praticamente íntegras, que irá receber um local de entretenimento cultural para a população e para os turistas que visitam a nossa cidade é motivo de muito orgulho para a nossa administração. Estamos trabalhando para juntos construirmos uma Cuiabá mais bela, charmosa e humanizada, muito melhor para se viver, valorizando cada cidadão que mora na terra de Pascoal Moreira Cabral”, disse Pinheiro.

Desativado há anos, a estrutura já existente será totalmente aproveitada, dando uso eficiente à edificação subutilizada. O local é composto por três níveis, sendo um mirante no piso superior e deck no inferior. Além também da construção do pavimento térreo, área de convívio com dois ambientes para atividades culturais, bem como área de suporte administrativo, copa e sanitários.

“Cuiabá cresceu e se desenvolveu de costas para o Rio. Essas obras irão permitir que a Capital cresça e se desenvolva de frente”, finalizou o prefeito.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMinistra se reúne com representantes da pesca para discutir retorno da exportação à UE
Próximo artigoMulher é constrangida ao ser acusada de roubar CD em loja de departamento