Pantanal mato-grossense registra redução de 97% nos focos de calor

Para o governo, a queda é reflexo do investimento na fase de resposta para o combate ao fogo

(Foto: Mayke Toscano/Secom-MT)

O município de Poconé (104 km de Cuiabá), porta de entrada do Pantanal mato-grossense, apresentou dados que apontam redução na incidência de focos de calor na vegetação.

Conforme mostra o balanço realizado pelo Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso (CBMMT), de 1° de janeiro até 5 de agosto de 2020, foram 1.023 focos. No mesmo período de 2021, foram contabilizados apenas 34. Isso representa uma queda de 97%.

Os indicadores apontam ainda que durante o primeiro semestre de 2021, nenhum incêndio de grande proporção foi registrado na vegetação do Pantanal.

Nesse período foram extintos cerca de 51 incêndios, sendo 32 registrados apenas em julho 2021. Além disso, cerca de 72 princípios também foram contido evitando que o fogo ganhasse força.

Em suas ações de combate as queimadas, o Governo de Mato Grosso investiu na fase de resposta. Na primeira semana de janeiro de 2021, o Estado colocou em funcionamento o 1° Pelotão Independente Bombeiro Militar na cidade de Poconé.

Para a unidade estratégica, foram direcionados investimentos de R$ 2,6 milhões para atuar no monitoramento e prevenção aos incêndios florestais.

(Foto: Assessoria CBMMT)

O comandante do 1° Pelotão Independente, tenente Thiago Soares, reforça que os investimentos na corporação garantiram que “nenhum incêndio florestal no município de Poconé permanecesse ativo por mais de 24 horas, ou seja, qualquer chama foi extinta em menos de um dia”.

O militar destacou ainda que as ações integradas com os pantaneiros da região, aliado com os trabalhos de monitoramento via satélite, em parceria com a Secretaria Estadual de Meio Ambiente, (Sema) resultaram em um trabalho eficiente.

Pois, dessa forma, as guarnições foram direcionadas em pontos estratégicos para conseguir uma resposta efetiva no combate ao fogo neste período de estiagem.

Investimentos

Para fase resposta à Temporada de Incêndios Florestais e desmatamento ilegal o Governo de Mato Grosso disponibilizou R$ 73 milhões com investimentos em equipamentos, viaturas helicóptero para diversas ações de combate e proteção dos biomas mato-grossense.

Com este investimento, o CBMMT e demais forças estão atentos com realização de ações de combate e seguem monitoramento constantemente para identificar áreas que estão sendo destruídas de forma irregular e práticas de incêndio.

LEIA TAMBÉM

Denúncias e atendimentos

Para atendimento das ocorrências de incêndios florestais, O Corpo de Bombeiros deve ser acionado via 193. Já em caso de denúncias de queimadas nas áreas rurais o cidadão deve entrar em contato pelo 0800 647 7363.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMirante: MP instaura inquérito para apurar condições de trafegabilidade na ciclovia
Próximo artigoCovid: diário da vacina #65