Pandemia: Prefeitura de Cuiabá suspende atendimentos médicos “sem urgência”

Decreto vai substituir um anterior, segundo o qual alguns atendimentos eletivos ainda poderiam ser realizados

Foto: Ednilson Aguiar/O Livre

A partir desta segunda-feira (15), atendimentos e procedimentos médicos que não demandem urgência – os chamados eletivos – estarão suspensos em Cuiabá. A medida consta em um decreto assinado pelo prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) e que ainda será publicado.

Segundo a assessoria da Prefeitura de Cuiabá, o novo decreto vai substituir o Decreto 8.340, que já previa a “suspensão dos agendamentos, atendimentos ambulatoriais”, mas que não alcançava “procedimentos eletivos considerados essenciais pelo alto risco de provocar piora do quadro clínico”.

Pelo decreto anterior, ainda poderiam ser realizados os atendimentos eletivos “nas especialidades de cardiologia, urologia, oftalmologia, oncologia e nefrologia, além das cirurgias inadiáveis pós-traumáticas”.

O texto do novo decreto afirma somente que “fica estabelecida a suspensão dos agendamentos, atendimentos ambulatoriais e dos procedimentos médicos, todos de caráter eletivo, nas unidades públicas e privadas de saúde do Município de Cuiabá”.

Vazamento

O texto do novo decreto vazou nas redes sociais neste domingo (14) e a assessoria do Município confirmou a veracidade das informações.

No texto, o crescente número de pacientes da covid-19 e, consequentemente, da taxa de ocupação dos leitos em unidades de saúde foram apontados como justificativa.

Na semana passada, a Prefeitura de Cuiabá anunciou a abertura de novos leitos para tratar os pacientes da pandemia. A medida, no entanto, resultou no “fechamento” do Hospital São Benedito exclusivamente para pessoas diagnosticadas com a covid-19.

LEIA TAMBÉM

Segundo o prefeito, a Capital ganhou 20 novos vagas em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 59 em enfermarias para atender quem tiver complicações causadas pelo novo coronavírus. O Município não falou, contudo, sobre contratação de mais pessoal.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorCâmara de Cuiabá volta a ter duas sessões por semana
Próximo artigoDesenvolve MT: Novas linhas de crédito começam a ser liberadas nesta segunda-feira