Pandemia faz deputados federais de MT economizarem R$ 200 mil em “penduricalhos”

A economia mais significativa de dinheiro público foi nas viagens. O gasto com passagens aéreas e hospedagem diminuiu mais de 95%

(Foto: Marcello Casal JrAgência Brasil)

A pandemia do novo coronavírus fez os deputados federais economizarem dinheiro público  entre março e junho, na comparação com o mesmo período do ano anterior. Os oito parlamentares que representam os mato-grossenses na Câmara Federal, gastaram 22% a menos das verbas que têm disponíveis para o “exercício parlamentar”.

Entre as despesas que tiveram o maior impacto está a com passagens aéreas e hospedagem. Foi uma redução de 97,2%.

Enquanto que em 2019, os deputados consumiram R$ 230,3 mil para se deslocar de um canto a outro; neste ano, o valor gasto foi de apenas R$ 6,2 mil – uma economia de R$ 224 mil.

Aumentam gastos com divulgação

Mas a impossibilidade de “fazer política” de forma presencial, gerou aumento em outro tipo de despesa: o gasto com a divulgação das atividades parlamentares.

Entre março e junho de 2019, as despesas geradas pelos deputados foi de R$ 181,8 mil. Neste ano, durante a pandemia, esse valor foi de R$ 310,6 mil, um considerável aumento de 70,8%.

Apesar de tudo isso, os dados são do Portal de Transparência da Câmara Federal, apontam um saldo positivo para os cofres públicos. Mesmo com o aumento, a economia ainda foi maior, chegou a R$ 200,8 mil.

Despesas

Cada deputado por Mato Grosso tem direito a uma cota mensal de R$ 39.428. Um dinheiro que eles podem gastar com passagens aéreas, hospedagem, serviço postal, divulgação da atividade legislativa, entre outras atividade relacionadas ao trabalho como deputado.

Além deste valor, cada um tem direito a R$ 111,6 mil por mês para pagar salários de secretários que podem trabalhar tanto em Brasília quanto nos Estados de origem do parlamentar.

Outro benefício aos parlamentares é o auxílio moradia de R$ 4,2 mil. Mas este só é pago a quem não mora nos apartamentos funcionais que existem em Brasília.

Todos esses valores são acompanhados de um salário de R$ 33.763, que pode ser acrescido de diárias, pagas quando os parlamentares realizam viagens oficiais.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMeio a meio: 51% dos testes para a covid-19 resultaram positivo em MT
Próximo artigoAdolescente de 15 anos morre ao bater motocicleta em caminhão em Cuiabá

O LIVRE ADS