Homem se pinta de palhaço, corta os pulsos e ameaçar passar aids para as pessoas

Homem invadiu comércio e ainda tentou agredir a proprietária; ele disse ser morador de rua

Um homem de 38 anos foi preso na última sexta-feira (22) depois de causar pânico em clientes de um comércio de açaí no centro de Cáceres (220 km de Cuiabá). Com o rosto pintado de palhaço, ele cortou os pulsos e começou a gritar que iria transmitir o vírus da aids a todos que estavam no local.

A Polícia Militar foi acionada por volta das 15h30 e, quando chegou ao ponto de açaí, encontrou o suspeito com os pulsos cortados. Ele foi imediatamente detido.

Conforme o boletim de ocorrência, a dona do estabelecimento, de 35 anos, relatou aos policiais que estava no local, quando o suspeito entrou de repente, cortou os pulsos e começou a fazer um escândalo, dizendo que iria transmitir a doença a todos que ali estavam.

A mulher disse ter perguntado ao suspeito o motivo dele estar tomando aquela atitude, ele, porém, teria ficado agressivo, começou a xingar a vítima e foi para cima dela tentando agredi-la. Por fim, segundo o boletim de ocorrência, o suspeito ainda teria ameaçado atear fogo no ponto de açaí.

O homem foi preso e o caso foi registrado como ameaça e “tentativa de perigo de contágio de moléstia grave”. Não consta no boletim se ele realmente é portador do vírus HIV e, ao ser questionado, ele disse ser morador de rua.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorVeja abre votação: em Cuiabá, qual o melhor endereço de comidinhas, bar e restaurante?
Próximo artigoAssembleia vota nesta quarta autorização para empréstimo de 250 milhões de dólares