Pai registra boletim ao descobrir que filha foi estuprada aos quatro anos

Ele encontrou vídeos pornográficos no tablet da filha de apenas 10 anos

Imagem ilustrativa

O pai de uma menina de 10 anos registrou um boletim de ocorrência nessa quinta-feira (26) após descobrir que a filha havia sido estuprada por um primo aos quatro anos de idade, tinha vídeos pornográficos em seu tablet e não estava frequentando a escola regularmente.

Conforme o boletim de ocorrência, a menina mora com a mãe em Nova Mutum (240 km de Cuiabá) e veio para a Capital neste fim de ano para passar as férias com o pai.

Já em Cuiabá, o pai resolveu olhar o tablet da filha e encontrou conteúdo pornográfico. Assustado, ele questionou a menina o motivo de ela ter interesse nas imagens.

A menina, então, contou ter sido abusada sexualmente pelo primo quando tinha apenas quatro anos de idade, quando a mãe saía para trabalhar.

O pai procurou a polícia, relatou sobre os abusos e disse, ainda, que soube que a filha não está frequentando as aulas regularmente, está sempre mudando de escola e que a mãe a leva para viajar em período escolar.

O caso foi registrado como “adquirir, possuir, ou armazenar, por qualquer meio, fotografia, vídeo, ou outra forma de registro, que contenha cena de sexo explícito, ou pornografia, envolvendo criança ou adolescente” e será investigado pela Polícia Civil.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorSinfra: “Empresa que quiser tocar Júlio Müller tem que fazer um senhor projeto de engenharia”
Próximo artigoBolsonaro sanciona lei que aumenta pena para quem incentiva suicídio na internet