Pai esfaqueia o filho três vezes e alega legítima defesa

O homem disse que o filho é dependente químico e estava alcoolizado e tinha tentado esfaqueá-lo primeiro

(Foto: Ednilson Aguiar/ O Livre)

Um homem de 45 anos foi preso nessa quinta-feira (20) depois de esfaquear o próprio filho, de 19 anos, na fazenda da família, na zona rural de Barra do Garças (520 km de Cuiabá), e alegar legítima defesa.

A Polícia Militar foi acionada por volta das 17h40 por causa de uma briga de família, onde, possivelmente, uma pessoa havia sido esfaqueada.

Uma equipe policial foi até o local em companhia de uma equipe do Corpo de Bombeiros e, ao chegar, encontrou um jovem caído próximo à casa da fazenda, que foi rapidamente atendido e encaminhado ao Pronto-Socorro de Barra do Garças, onde passou por uma cirurgia e, segundo a PM, corre risco de vida.

Assim que o rapaz foi socorrido, o pai dele se aproximou dos policiais e informou que era ele quem havia ferido o filho. Conforme o boletim de ocorrência, o pai relatou que o filho é dependente químico e, nessa quinta-feira (20), embriagado, tentou esfaqueá-lo. Para se defender, o pai disse ter tomado a faca do filho e tentado imobilizá-lo, mas acabou o esfaqueando três vezes.

O jovem ficou caído no chão, com uma facada nas costas, uma na perna e outra no abdômen. Segundo o pai, ele mesmo chamou a polícia e os bombeiros pedindo socorro para o filho.

Apesar de alegar legítima defesa, o pai foi preso, acusado de tentativa de homicídio doloso, quando há intenção de matar.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorSTF nega recurso de vereadores de Cuiabá para aumentar verba indenizatória
Próximo artigoJoão Emanuel é excluído da OAB e defesa alega que ele ainda não é culpado