Padre desvia R$ 400 mil de paróquia para gastar com homens que conheceu em aplicativo

O reverendo Joseph abriu uma conta secreta à qual transferia valores doados à paróquia

Mais uma polêmica atinge a comunidade católica americana. Um padre católico foi preso na Filadélfia acusado desviar o equivalente a R$ 400 mil da sua paróquia para usar com homens que ele havia conhecido no aplicativo de paquera Grindr. Mas, entre outros gastos ilícitos.

Joseph McLoone, de 56 anos, comandava desde 2010 a paróquia em Downingtown (Pensilvânia, EUA). Um ano atrás, ele começou a ser suspeito de desvio.

A investigação descobriu que o reverendo Joseph abriu uma conta secreta à qual transferia valores doados à paróquia, de acordo com reportagem da Philadelphia Magazine.

Com o dinheiro, o padre pagou jantares caros, viagens e até o aluguel de uma casa de veraneio em Ocean City em Nova Jersey. Para piorar a situação, ele também transferiu dinheiro por meio de pagamentos online aos homens que conheceu no Grindr. Um deles era um presidiário.

O dinheiro desviado era oriundo de doações pela celebração de casamentos, funerais e missas em homenagem a falecidos.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorTecnologia, técnicas e tendências: ProBeleza 2019 anuncia programação de cursos
Próximo artigoMais de duas mil pessoas devem participar do 12º Congresso Brasileiro do Algodão