Padrasto é detido por agredir enteado a ponto de deixá-lo com hematomas nas costas

Questionado, suspeito alegou que estava educando a criança, de apenas quatro anos

Imagem ilustrativa / Pixabay

Um homem de 22 anos foi levado para a delegacia nessa terça-feira (13) acusado de agredir o enteado de quatro anos e deixá-lo com hematomas nas costas.

As agressões aconteceram na casa em que a criança mora com a mãe e o padrasto, no Bairro Cristo Rei, em Várzea Grande (região metropolitana de Cuiabá).

A Polícia Militar foi acionada pela avó do menino depois que a mãe deixou o filho com a avó e a criança se queixou de dores nas costas. A avó olhou o neto e encontrou vários hematomas.

Questionada, a criança contou que o padrasto, que ela chama de pai, havia batido nela. A avó, então, chamou a polícia.

Uma equipe da PM foi até a casa em que a criança mora e encontrou o suspeito, que assumiu ter agredido o enteado, dizendo ter dado tapas no menino com o intuito de educá-lo, afirmando que ele anda muito desobediente.

Diante da confissão, ele foi detido e encaminhado para a delegacia, onde o caso foi registrado como maus-tratos.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorIncêndios florestais: Governo de MT oferece um salário mínimo para contratar brigadistas
Próximo artigo3 modelos de correntes que estão fazendo a cabeça – e o pescoço – das famosas