Padrasto é acusado de abusar sexualmente e agredir enteados

A violência e os abusos aconteceriam na casa das crianças, no Loteamento São Mateus, em Várzea Grande (região metropolitana de Cuiabá)

Imagem Ilustrativa (Foto: Pixabay)

A avó de duas crianças, um menino de nove anos e uma menina de sete, registrou um boletim de ocorrência nessa quinta-feira (27) acusando o padrasto delas de maus-tratos e estupro de vulnerável.

A violência e os abusos aconteceriam na casa das crianças, no Loteamento São Mateus, em Várzea Grande (região metropolitana de Cuiabá).

Segundo a avó, os netos foram visitá-la em Tangará da Serra (245 km de Cuiabá) nessa quinta-feira e relataram estarem sendo agredidos pelo padrasto e até impedidos de comer.

Fuga de casa

As crianças afirmaram que o padrasto é sempre agressivo e, inclusive, o menino já teria fugido de casa devido aos castigos com agressões.

A avó contou, ainda, que a menina a teria falado que é abusada sexualmente pelo padrasto, que a beija.

O caso foi registrado como maus tratos e estupro de vulnerável e será investigado pela Delegacia Especializada de Defesa da Mulher, da Criança e do Idoso de Várzea Grande.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorX-Men podem estrear no MCU de maneira apressada; entenda
Próximo artigoMais chuva! Volume de fevereiro já ultrapassa média dos últimos 10 anos em Cuiabá

O LIVRE ADS