Outubro rosa: MT registrou 560 novos casos de câncer de mama

Médica ressalta importância do diagnóstico precoce nos exames de rotina, que não podem ser adiados por conta da pandemia

(Foto: Reprodução)

O Instituto Nacional de Câncer (Inca) estima que 560 novos casos de câncer de mama foram registrados em Mato Grosso no ano passado. O número representa uma taxa de 36,75 casos para cada grupo de 100 mil mulheres, sendo que a probabilidade de êxito no tratamento está diretamente relacionada ao diagnóstico precoce, um tema recorrente no mês de outubro, período dedicado ao combate ao câncer de mama.

Ginecologista e professora do curso de Medicinada Universidade de Cuiabá (Unic), Aline Montresor explica que o câncer de mama é o mais incidente em mulheres no mundo, com aproximadamente 2,3 milhões de casos novos estimados em 2020. O dado representa 24,5% dos casos novos por câncer em mulheres.

Conforme estatísticas da Agência Internacional de Pesquisa em Câncer, a doença também é a causa mais frequente de morte por câncer na população feminina e para que a doença seja combatida no começo, a médica aponta os exames de rotina como essenciais.

“É importante saber as estimativas de casos para entender a magnitude da doença na região e poder preparar ações para mitigar os impactos. A identificação precoce faz parte deste cuidado”, comenta.

Pandemia e a covid

47% das mulheres aguardam o fim da pandemia para retornar à rotina de consultas médicas. Isso é o que comprovou uma pesquisa feita pelo Inteligência em Pesquisa e Consultoria (Ipec). Um cenário que merece o alerta tendo em vista que apenas os exames de rotina podem identificar o câncer em estágio inicial.

A especialista explica que os cuidados com a covid-19 não podem descartar as ações preventivas em relação à saúde. Aborda ainda que os protocolos de segurança são mantidos nos locais de diagnóstico, garantindo que a proteção contra o covid e a prevenção do câncer possam ser simultâneas.

“O momento exige sim cuidados. O uso de máscara, álcool em gel e a aplicação da vacina, quando a convocação for feita, são as principais medidas para evitar contrair a covid-19. O que não pode acontecer é postergar o diagnóstico, já que sabemos que a detecção precoce muda completamente o prognóstico da doença, aumentando significativamente as chances de cura”, pontua.

Autoexame

Divulgação / Sociedade Brasildeira de Mastologia

A pesquisa realizada pela Inteligência em Pesquisa e Consultoria (Ipec) demonstra ainda que 21% das mulheres não sabiam que o aparecimento de caroços nos seios, perceptíveis ao toque, significava que a doença já estava em estágio avançado.

Sobre o autoexame, a professora explica que a postura atenta das mulheres no conhecimento do seu corpo é importante e que pode sim detectar a doença, mas que, sozinho, não é suficiente.

“O câncer de mama é causado pela multiplicação anormal e desordenada de células. Quando o nódulo é perceptível ao toque, significa que a doença está em estágio avançado e as chances de cura são menores”, comenta.

A médica enfatiza que todas as mulheres devem visitar o ginecologista ao menos uma vez por ano. Assim como devem realizar a mamografia regularmente, após os 40 anos de idade. Lembra ainda que mulheres que apresentem maior risco devido a fatores genéticos; histórico de alterações benignas; ou hábitos de vida não saudáveis, devem iniciar a rotina de exames ainda mais cedo.

Como prevenir o câncer diariamente

Segundo a ginecologista,  a adoção de hábitos saudáveis contribui para a luta contra o risco da doença. Entre eles estão:

  • Não fumar
  • Não consumir bebidas alcoólicas em excesso
  • Manter uma alimentação saudável
  • Praticar atividades físicas
  • Amamentar
  • Evitar exposição a substâncias tóxicas no dia a dia, seja em casa ou no trabalho.

(Com informações da Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorConsórcio cobra R$ 3,9 milhões do Estado pelo uso de estruturas do Ganha Tempo
Próximo artigoÉ comerciante? Especialista em marketing dá 5 dicas para aproveitar mais a Black Friday