Otimistas, comerciantes esperam recorde de público para esta Black Friday, aponta CDL

    Maior data comercial com promoções começou nesta sexta-feira e segue até domingo

    Este já é o nono ano em que o comércio brasileiro adere à campanha Black Friday e deve ser o maior engajamento já registrado entre os comerciantes de Cuiabá, segundo apontou a Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL). Otimista, a classe espera um recorde de público entre a Capital e o município vizinho, Várzea Grande.

    De acordo o diretor institucional da Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) de Cuiabá, Junior Macagnam, para essa data, é esperado um movimento de cerca de 500 mil pessoas, considerando a pesquisa feita pela CDL no início de novembro.

    Conforme o levantamento, até 50% dos moradores de Cuiabá e Várzea Grande devem aderir à campanha de compras, sendo que 20% estão indecisos e outros 27% afirmaram que irão comprar. Para a CDL, os dados apresentados trazem otimismo e são considerados “extremamente positivos”.

    Segundo Macagnam, a expectativa do comércio é de um crescimento entre 5 e 10% no movimento, em relação a 2017, quando menos empresas aderiram à campanha. A estimativa é baseada no índice de empregabilidade do estado.

    [featured_paragraph]“Como os níveis de emprego vêm crescendo, isso significa que as pessoas estão empregadas, com renda e dinheiro no bolso. Consequentemente, com uma boa oportunidade de compra, tem tudo para todo mundo estar feliz”, disse.[/featured_paragraph]

    Ainda de acordo com o diretor, o comércio aposta na cultura brasileira de “pôr a mão no bolso”. “O brasileiro é um povo consumista. A gente só não consome mais por não ter renda. E agora a renda está aparecendo, então é muito provável que a gente tenha um record de black friday”, ponderou.

    [related_news ids=”119432,118939″][/related_news]

    Uma estratégia adotada por diversas lojas de Cuiabá foi a extensão da Black Friday para uma campanha mensal. Dessa forma, os clientes podem aproveitar descontos ao longo de novembro, e não apenas na data comercial.

    Outros lojistas também organizaram os estoques para conseguir ofertar bons descontos em uma maior quantidade de produtos e, assim, atrair o público.

    No centro e em shoppings de Cuiabá e Várzea Grande, a média de descontos nos produtos é de 70%. Em alguns lugares, como empreendimentos do Pantanal Shopping, a promoção pode chegar a abaixar o valor dos produtos em até 90%.

    As promoções seguem até domingo (25).

    Use este espaço apenas para a comunicação de erros





    Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

    DEIXE SEU COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Artigo anteriorConsumidor deve pesquisar preços na Black Friday, diz defensoria
    Próximo artigoMME e ANP defendem revisão da subvenção ao óleo diesel