Os primeiros milhões

A ALMT autorizou o repasse de R$ 3,5 mi para ajudar o governo a reabrir a Santa Casa

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

A Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) protocolou no Tribunal Regional do Trabalho (TRT), na tarde desta segunda-feira (27), a autorização do repasse de R$ 3,5 milhões para ajudar o Governo do Estado a reabrir a Santa Casa de Misericórdia de Cuiabá.

De acordo com o coordenador da Frente Parlamentar em Defesa da Saúde, deputado estadual João José (MDB), o intuito é utilizar o montante para pagar as dívidas trabalhistas da unidade, estimadas em R$ 11 milhões.

“A Assembleia tem trabalhado com responsabilidade e dedicação para retomarmos o quanto antes o atendimento aos pacientes. O pontapé inicial já foi dado”, pontuou.

O recurso é resultado da renúncia de parte do duodécimo do Legislativo e será repassado pelo governo à Santa Casa como indenização pela utilização da estrutura, devendo ser depositado em uma conta da Justiça do Trabalho.

O governo assumiu a gestão da unidade filantrópica, que está fechada desde 11 de março. Por meio de uma requisição administrativa de bens e serviços, publicada no início do mês, a Santa Casa foi transformada, por tempo indeterminado, em uma unidade hospitalar estadual de alta-complexidade – a maior do Estado.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorHomem se desequilibra ao fazer selfie e desaparece em cachoeira
Próximo artigoUso do calcário para correção do solo pode melhorar a produtividade em MT, afirmam especialistas

O LIVRE ADS