Os primeiros milhões

A ALMT autorizou o repasse de R$ 3,5 mi para ajudar o governo a reabrir a Santa Casa

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

A Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) protocolou no Tribunal Regional do Trabalho (TRT), na tarde desta segunda-feira (27), a autorização do repasse de R$ 3,5 milhões para ajudar o Governo do Estado a reabrir a Santa Casa de Misericórdia de Cuiabá.

De acordo com o coordenador da Frente Parlamentar em Defesa da Saúde, deputado estadual João José (MDB), o intuito é utilizar o montante para pagar as dívidas trabalhistas da unidade, estimadas em R$ 11 milhões.

“A Assembleia tem trabalhado com responsabilidade e dedicação para retomarmos o quanto antes o atendimento aos pacientes. O pontapé inicial já foi dado”, pontuou.

O recurso é resultado da renúncia de parte do duodécimo do Legislativo e será repassado pelo governo à Santa Casa como indenização pela utilização da estrutura, devendo ser depositado em uma conta da Justiça do Trabalho.

O governo assumiu a gestão da unidade filantrópica, que está fechada desde 11 de março. Por meio de uma requisição administrativa de bens e serviços, publicada no início do mês, a Santa Casa foi transformada, por tempo indeterminado, em uma unidade hospitalar estadual de alta-complexidade – a maior do Estado.