Os Marcelos e a rodoviária

Secretário e ex-secretário da Sinfra-MT divergem sobre projeto

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

O argumento do secretário de Infraestrutura e Logística do Estado (Sinfra), Marcelo Oliveira, para defender que a Rodoviária de Cuiabá permaneça do jeito que está é que “sua arquitetura é belíssima”. 

Esse comentário foi feito em entrevista ao LIVRE, para avisar que ele não deverá mexer na estrutura do local. 

Uma licitação para concessão do espaço deve ser lançada no início de 2020, em concepção diferente do projeto “Rodoviária Shopping”, elaborado na gestão Pedro Taques (PSDB).

O projeto, porém, teve a participação do arquiteto Moacyr Freitas também participou da elaboração do Rodoviária Shopping. Ele, que foi o primeiro arquiteto e urbanista de Cuiabá, foi um dos responsáveis pelo projeto da construção da rodoviária.

Segundo Marcelo Duarte, secretário da Sinfra na gestão Taques, o arquiteto fez o acompanhamento técnico do novo projeto. Moacyr Freitas chegou a ser homenageado durante a apresentação do que seria a nova rodoviária, em 2018.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

1 COMENTÁRIO

  1. Bom dia, sou filho do dr. Moacyr Freitas, e só quero fazer uma correção na matéria acima. É que meu pai foi o arquiteto que projetou a rodoviária em 1977, 1978 e 1979, porém não participou na elaboração do modelo de Rodoviária shopping, que foi feito em 2018, na administração do secretário da Sinfra, Marcelo Duarte. Meu pai somente forneceu informações referente ao projeto original para subsidiar os autores do projeto rodoviária shopping.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorIndiano esquece a carteira em Uber e fica sem documentos em Cuiabá
Próximo artigoCeia de ano novo traz simbologia nos alimentos; confira dicas