Veja quem são os dez maiores doadores de campanha em Mato Grosso

Lista dos maiores doadores tem parentes de candidatos; alguns investem também em outros estados

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

Com o fim da doação de empresas e a instituição de um teto de gastos, a maior parte do financiamento das campanhas eleitorais deste ano passou a ser feito com dinheiro público, por meio dos fundos partidário e eleitoral. No entanto, ainda há investimentos significativos feitos por pessoas físicas, que podem doar até 10% do rendimento bruto do doador no ano anterior.

O LIVRE fez um levantamento junto ao sistema DivulgaCand, do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), e listou os dez maiores doadores das campanhas mato-grossenses, até a última quarta-feira (26). Alguns dos listados fizeram doações também para candidatos de outros Estados, mas os valores abaixo englobam apenas o investimento feito nos candidatos por Mato Grosso.

Mais doações podem ser feitas até o fim da campanha e a lista pode mudar até lá. A lista não inclui doações feitas por candidatos às suas próprias campanhas.

Confira o ranking atual:

1ª – Natasha Preza Sachetti – R$ 1.644.666

Do montante de R$ 1,6 milhão aplicado pela empresária nas eleições deste ano, R$ 1,2 milhão foram para a direção estadual do PRB, e outros R$ 50 mil ao candidato a senador do partido, seu tio Adilton Sachetti.

Para o PV, que faz parte da mesma coligação, ela enviou R$ 20 mil. Ela doou também para candidatos a deputado federal do grupo. Foram R$ 50 mil para Serys Slhessarenko (PRB) e R$ 35,6 mil para José Bispo (PR).

Natasha apoiou ainda diversos candidatos a deputado estadual do PRB. O principal beneficiário foi Eduardo Victor Magalhães, com R$ 75 mil. Ela doou também R$ 6 mil para José Vieira do Nascimento. Os candidatos Henrique Correa da Costa Filho, Valtemir Castanheira Faria, Lourenço Jorge de Souza, Robson José de Arruda Silva, César Ternovoi de Moraes, Claudete Siqueira Silva e Adenilson Candido de Souza receberam R$ 4 mil cada.

Ela é também uma das maiores doadoras do país, e está em 8º lugar no ranking nacional de doações.

2º – Inácio José Webler – R$ 1.013.502

O produtor de algodão também investiu pesado no PRB e doou R$ 1 milhão à sigla. Ele apoiou ainda o candidato a deputado federal Juliano Rabelo (PMN) com R$ 7,3 mil e o candidato a deputado estadual Sidney de Souza (PV) com R$ 6,1 mil.

3ª – Adriana Krasnievicz Possamai – R$ 670.000

Casada com o primeiro suplente da chapa, Gilberto Possamai (PSL), Adriana investiu R$ 670 mil na campanha dele e da titular Selma Arruda (PSL) para o Senado.

4º – Odilio Balbinotti Filho – R$ 550.000

O empresário do agronegócio investiu R$ 250 mil na campanha de Nilson Leitão (PSDB) para o Senado. Também candidato a senador, Carlos Fávaro (PSD) recebeu R$ 100 mil. Balbinotti aplicou também R$ 100 mil na campanha de José Medeiros (Pode) para a Câmara Federal, e outros R$ 100 mil no PRB.

5º – Armando Martins de Oliveira – R$ 450.000

Irmão do ex-governador Dante de Oliveira, o empresário investiu nos tucanos e alguns aliados. O principal beneficiário foi o sobrinho Leonardo de Oliveira (PPS), que concorre a deputado estadual, e recebeu R$ 150 mil.

Ele doou R$ 100 mil para a campanha de Nilson Leitão (PSDB) ao Senado e outros R$ 100 mil a de Victorio Galli (PSL) a deputado federal. Outros dois candidatos à Câmara Federal, Ícaro Reveles e Josair Lopes, ambos do PSB, receberam doações de R$ 50 mil cada.

6º – Carlos Webler – R$ 320.000

O produtor rural doou R$ 200 mil para a direção estadual do PRB. Outros R$ 50 mil foram destinados à campanha de Mauro Mendes (DEM) para o governo e mais R$ 50 mil para a campanha de Carlos Fávaro (PSD) a senador. O candidato a deputado estadual Max Russi (PSB) recebeu R$ 20 mil.

7º – Canisio Froelich – R$ 275.000

O produtor rural doou R$ 150 mil ao DEM e outros R$ 50 mil ao PRB. O candidato a deputado federal Neri Geller (PP) recebeu R$ 50 mil. Ele investiu também R$ 25 mil na campanha à reeleição do deputado estadual Ondanir Bortolini “Nininho” (PSD).

8º – Carlos Alberto Polato – R$ 261.499

O empresário doou R$ 100 mil ao PRB e outros R$ 75 mil ao DEM. Ele investiu ainda R$ 75 mil na campanha à reeleição do deputado estadual Zeca Viana (PDT).

Polato doou também R$ 3,9 mil ao candidato a deputado federal Carlos Naves de Resende (PV). Os candidatos à Assembleia Legislativa Henrique Correa, Cesar Ternovoi e Adenilson Candido, todos do PRB, receberam R$ 2 mil cada. Para a também candidata a deputada estadual Ivoneth Maria de Albuquerque Nunes (PV) ele doou R$ 1,5 mil.

9º – Carlos Ernesto Augustin – R$ 200.000

O empresário do agronegócio doou R$ 100 mil para a campanha do governador Pedro Taques (PSDB) à reeleição. Outros R$ 50 mil foram destinados à reeleição do deputado federal Victorio Galli (PSL). Dois candidatos a deputado estadual do grupo também receberam doações: Carlos Avalone (PSDB) e Luciano Vacari (PPS), com R$ 25 mil cada.

10º – José Carlos Reis de Magalhães Neto – R$ 200.000

O empresário do ramo de investimentos doou R$ 200 mil para a campanha de Marco Marrafon (PPS) a deputado federal. Ele é 13º maior doador no ranking nacional, com contribuição total de R$ 1 milhão para candidatos de diversos estados.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorShows, feira de vinil e artes cênicas agitam fim de semana cuiabano; confira as opções!
Próximo artigoChuva durante a madrugada alaga e interdita a trincheira do Tijucal