Os desafios da mobilidade urbana para 2020

Conheça alguns desafios da mobilidade urbana e como poderão trazer benefícios para as pessoas.

Cada vez mais os congestionamentos aumentam e isso torna a vida das pessoas mais cansativas, fazendo com que percam muito tempo.

Um dos desafios da mobilidade urbana para 2020 está em encontrar formas de diminuir o tempo que se perde no trânsito.

Um estudo realizado em 2018 pela ANTP (Associação Nacional de Transportes Públicos) apontou que os custos para deslocamento são altos e o tempo perdido também.

A cidade que mais se leva tempo para ir e voltar do trabalho é Rio de Janeiro. Em média, as pessoas ficam 141 minutos por dia apenas se deslocando. Na sequência, aparecem cidades como São Paulo (132 minutos), Salvador (128) e Belo Horizonte (125).

Esse é apenas um dos problemas que precisam ser resolvido. Entenda um pouco mais quais são os desafios da mobilidade urbana para 2020.

Integrar a tecnologia

A tecnologia deverá ser uma grande aliada para superar os desafios das mobilidade urbana, pois, se bem aplicada, permite conhecer os hábitos das pessoas, como elas se locomovem e como os transportes funcionam.

Com a utilização do big data, entender quais são os hábitos e necessidades permitirá o investimento em meios de transporte que sejam mais eficazes e que possam solucionar parte dos problemas existentes.

Reduzir a emissão de poluentes

A mobilidade urbana deve pensar em meios de transporte menos poluentes, como os veículos elétricos e transportes considerados limpos, como as bicicletas.

Para conseguir isso será preciso investir mais em ciclovias que permitam que as pessoas recorram a outros transportes sem que precisem se colocar em risco.

Otimizar as jornadas

A tecnologia mais uma vez entra como uma aliada, dessa vez do usuário. As pessoas buscam maneiras de chegar mais rápido ao seu destino e para isso fazem pesquisas no smartphone.

A ideia é conseguir integrar as informações de diferentes meios de transporte e conseguir reunir todas em um único aplicativo. Com isso o usuário poderá ver quais são todas as opções e escolher o caminho que tenha o menor tempo.

Aumentar o compartilhamento

Um dos desafios da mobilidade urbana é reduzir o número de carros nas ruas sendo usados por apenas uma pessoa e incentivar o compartilhamento.

Nesse caso, a ideia de compartilhar pode ser bastante abrangente e incluir as caronas, carros de aplicativos, bicicletas e patinetes compartilhados, uso do transporte público e outros.

Tornar o trânsito mais seguro

Quando falamos de trânsito logo se pensa nos veículos e motos, entretanto, ele deve ser pensado para todos, incluindo pedestres e veículos não motorizados.

A segurança deve ser um preocupação, os pedestres precisarão de calçadas mais largas para andarem e terem mais tempo nos semáforos para atravessar as ruas.

Bicicletas, patins e patinetes deverão estar integrados ao trânsito com faixas exclusivas e que abranjam muito mais pontos da cidade.

As ruas devem passar por mudanças, com vias que forcem a redução da velocidade e faixas elevadas que permitam pedestres e carros ficar em harmonia.

Os desafios da mobilidade urbana são muitos e cada vez mais os meios de locomoção se reinventam. O que você faz para melhorar sua mobilidade?

___________________________

Fontes: https://www.smartia.com.br/blog/mobilidade-urbana-desafios-novas-tecnologias

https://www1.folha.uol.com.br/seminariosfolha/2019/11/cresce-o-custo-das-cidades-travadas-pelo-transito-no-brasil.shtml

Por Jeniffer Elaina, do SeguroAuto.org

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

1 COMENTÁRIO

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorPai é acusado de estuprar a filha e mandá-la dizer que caiu de bicicleta
Próximo artigoCiência e economia: o que a Hungria tem a nos ensinar?