Os clubes brasileiros mais vencedores de sempre

Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

O futebol brasileiro, ao longo de sua história, produziu belíssimas páginas. São muitos os clubes que tiveram períodos áureos, inscrevendo-se entre os maiores vencedores de todos os tempos. Contar essa história requer muita sensibilidade, pois, além dos títulos conquistados, muitos se destacam por sua atuação extracampo. É preciso ponderar sobre a abrangência destes títulos, o campeonato brasileiro, por exemplo, é o mais disputado do planeta. Os campeonatos regionais são verdadeiras batalhas e as disputas internacionais se revestem de uma importância gigantesca, dada a competitividade entre as agremiações brasileiras. Como diria um velho apreciador do esporte bretão diretamente dos rincões do Brasil, relata o futebol do interior as mais gloriosas histórias.

E qual seria o clube brasileiro mais vencedor de sempre? Seria justo estabelecer um ranking, dar um peso especial a um determinado campeonato já que cada um destes certames tem características diferentes? Não creio que seja justo. Prefiro apenas citá-los como os maiores vencedores.

No bairro do Morumbi, cidade de São Paulo, nasceu o São Paulo Futebol Clube, detentor de três títulos mundiais (1982, 1983 e 2005); três Libertadores da América e seis campeonatos brasileiros, o clube paulistano possui, ainda, em sua galeria vários outros títulos no âmbito doméstico e internacional, destacando-se duas Recopas e seus vinte e dois títulos estaduais.

O Flamengo é o clube com a maior torcida no Brasil, quiçá no mundo. Time verdadeiramente adorado por seus torcedores, já deu a eles um mundial (1981) e duas Libertadores. São sete brasileirões, três Copas do Brasil e trinta e sete conquistas estaduais. Muito provavelmente, seja a agremiação brasileira mais citada pelo cancioneiro popular.

Dizem que um raio nunca cai duas vezes no mesmo lugar, não mesmo, é sempre um outro raio. É o caso do Santos Futebol Clube, time da Vila Belmiro, Santos, litoral paulista, é a prova disso; citando apenas dois nomes, Pelé e Neymar. O alvinegro tem dois títulos mundiais (1962 e 1963), três Libertadores da América, a mais recente conquistada em 2011. São mais oito brasileiros e uma Copa do Brasil, além de diversos títulos internacionais e vinte e dois campeonatos regionais.

Nesta seleta galeria de clubes vencedores, mais um clube paulistano, a Academia do futebol, a Sociedade Esportiva Palmeiras. Já foram dez campeonatos brasileiros, duas Libertadores, quatro Copas do Brasil e vinte e três títulos estaduais.

O mais tradicional rival do Palmeiras, também figura nesta lista de vencedores, o Sport Club Corinthians. O domo do Itaquerão é o maior vencedor do certame regional paulista, são trinta títulos, tem dois mundiais conquistados (2000 e 2012) e uma Libertadores. São sete títulos do Brasileiro e três Copas do Brasil. Trata-se da segunda maior torcida brasileira, a conhecida Fiel.

Saindo do eixo Rio-São Paulo, os clubes gaúchos também se destacam no cenário dos maiores vencedores do futebol brasileiro. Grêmio e Internacional praticamente monopolizam o certame estadual, são quarenta títulos do Grêmio e quarenta e cinco do Internacional, vez ou outra, o título escapole para o interior do estado. O time do Grêmio conquistou um mundial (1983), três troféus da Libertadores, dois brasileirões e cinco Copas do Brasil. Já o clube da Beira-Rio tem um mundial (2006), duas Libertadores, três títulos do Brasileiro e uma Copa do Brasil. Disputa acirrada nos pampas.

Atualmente amargando a segunda divisão do campeonato brasileiro, e já são dois certames por lá, caminhando para um terceiro, o Cruzeiro de Belo Horizonte (MG) tem muitas glórias. São duas Libertadores da América, quatro brasileirões e seis Copas do Brasil. Inúmeros outros títulos domésticos e internacionais, além de trinta e nove campeonatos mineiros.

O Clube de Regatas Vasco da Gama é um dos clubes mais engajados do Brasil. Foi a primeira agremiação a admitir o ingresso de jogadores negros em seus plantéis. A agremiação possui uma Libertadores, quatro campeonatos brasileiros, uma copa do Brasil, além de vinte e quatro títulos cariocas.

Dono daquele que durante muito tempo foi o primeiro campeonato brasileiro, o de 1971 (só recentemente, os certames anteriores passaram a ser computados como títulos nacionais), o Atlético Mineiro venceu ainda uma Libertadores e uma Copa do Brasil. Em sua sala de troféus repousam quarenta e seis títulos estaduais.

O clube das Laranjeiras, o Fluminense também está entre os maiores vencedores de sempre, afinal, foram quatro campeonatos brasileiros, uma Copa do Brasil e trinta e um regionais, além de diversas outras conquistas internas.

Outras agremiações, também detentoras de títulos nacionais, são merecedoras de figurarem no panteão dos maiores vencedores. Destaque para o Esporte Clube Bahia, duas vezes campeão brasileiro (1959 e 1988); Sport Club do Recife, campeão brasileiro em 1987; Athético Paranaense, campeão brasileiro em 2001 e da Copa do Brasil em 2019; Botafogo de Futebol e Regatas, dois brasileiros (1968 e 1995) e Coritiba, campeão brasileiro em 1985.

Muitos outros clubes mereceriam por suas conquistas regionais, por suas condutas enquanto clubes socialmente engajados ser aqui mencionados, mas o intuito foi listar conquistas no âmbito nacional e internacional, de modo a não mais nos alongarmos e guardarmos, para outro momento, citações mais regionalizadas.

 

Sergio Rocha

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorVale a pena ficar na zona de conforto?
Próximo artigoPadrasto é preso por estuprar e fotografar enteada de seis anos; mãe sabia e culpava filha