Orgulho hétero

Vereador Tenente-coronel Paccola (Cidadania) propõe comemoração do "Dia do Orgulho Hétero", em Cuiabá

O vereador Tenente-coronel Paccola (Cidadania) apresentou à Câmara de Cuiabá um projeto de lei para implantar o “Dia do Orgulho Hétero”. A data escolhida é o terceiro domingo do mês de dezembro.

O anúncio foi feito por Paccola durante a sessão desta terça-feira (16). O parlamentar explicou que, no Pará, foi apresentada uma proposta semelhante e que tem sido questionado por eleitores cuiabanos para trazer a ideia para a Capital.

Em sua fala durante o grande expediente, Paccola destacou que não é contrário a outras datas alusivas, como o dia do Orgulho Gay, comemorado em 28 de junho. “Não tenho nada contra esses dias, cada um tem a sua liberdade e tem que lutar por isso. E nós também temos orgulho de sermos héteros. Isso não nos faz melhor ou pior do que ninguém”, disse.

O vereador pediu apoio aos demais parlamentares para aprovar o PL. “Para que possamos estar comemorando com nossas famílias e demais pessoas que têm orgulho de se declararem héteros para que a gente não fique vivendo essa ditadura da minoria ativista que tenta forçar aquilo que é para ser respeitado, como quase que obrigatório na vida deste convívio em sociedade”, concluiu.

Rejeitado

O projeto citado por Paccola foi apresentado pelo vereador Sargento Silvano (PSD), na Câmara de Belém, em 2019.

O PL foi votado em junho daquele ano, sendo rejeitado por 21 votos contra e apenas 2 a favor.

LEIA TAMBÉM

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anterior60% dos brasileiros dizem que tiveram vida social afetada pela pandemia
Próximo artigoAcidentes matam 78 pessoas nas estradas no feriado prolongado