Orçamento aprovado: MT vai gastar R$ 22,1 bilhões em 2021

AL aprova orçamento do Estado para 2021 com 247 emendas; texto vai a sanção do governador

Com apenas um voto contrário e uma abstenção, o plenário da Assembleia Legislativa composto por 24 deputados estaduais aprovou em definitivo a Lei Orçamentária Anual (LOA), que estima a receita e fixa as despesas do Executivo para 2011.

Após a aprovação em sessão extraordinária de terça-feira (5), o texto vai à sanção do governador Mauro Mendes (DEM).

No total, houve 247 emendas ao orçamento, que poderão ser vetadas ou não pelo Executivo.

Dentre as emendas aprovadas, estão R$ 5 milhões destinados a recuperação de ecossistemas degradados na unidade de conservação estaduais e áreas públicas, o que favorece a área do Pantanal, devastada em parte este ano pelas queimadas excessivas.

Também foi destinado R$ 2 milhões para a construção de um campus da Unemat (Universidade do Estado de Mato Grosso) em Cuiabá e outra emenda que destina R$ 3 milhões para a reestruturação, reforma e construção de prédios da Politec (Perícia Oficial e Identificação Técnica).

Estimativa de orçamento e voto contrário

A equipe econômica do Executivo, responsável pela elaboração da lei, firmou uma expectativa de arrecadação na ordem de R$ 22,114 bilhões. Em 2020, a estimativa de arrecadação foi de R$ 20,328 bilhões.

O deputado Faissal Calil (PV) foi o único a votar contrário ao orçamento afirmando que não se sentia bem em aprovar aumento de duodécimo aos poderes.

Somente com repasses a Assembleia Legislativa, Tribunal de Contas do Estado e Tribunal de Justiça, serão R$ 3,5 bilhões.

“Fui o único a votar de forma contrária. Enquanto não tivermos eficiência em pastas importantes, como saúde e educação, terei este tipo de postura. Estas deficiências, inclusive, são frutos do Governo passado, do ex-governador Pedro Taques. Não me sinto confortável em votar sim para este orçamento. Temos hoje uma aplicação desigual dos recursos e precisamos equalizar estas contas e, por isso, fui contra a LOA”, afirmou.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMoradores salvam vítima de assalto e colocam fogo em moto de ladrão em Cuiabá
Próximo artigoEm Lucas do Rio Verde, prefeito e vice “ganham” aumento de até 34%