Operação Integrada levará mais segurança aos estudantes no Enem 2021

Os municípios de Cuiabá, Várzea Grande, Rondonópolis e Cáceres concentram 45% dos estudantes que vão fazer a prova do Enem

(Foto: SESP/MT)

As forças de segurança já estão prontas e alinhadas para a realização da Operação Integrada – Enem 2021 em Mato Grosso. Os últimos detalhes da ação foram acertados durante reunião nessa sexta-feira (19), em Cuiabá, com os representantes das instituições envolvidas na realização do exame para oferecer aos estudantes mais tranquilidade nos dias das provas.

A primeira fase do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) será realizada neste domingo (21) em 57 municípios do Estado. São esperados 51.055 estudantes em 183 locais de provas em todo o estado, segundo dados fornecidos pelo Ministério da Educação (MEC). A segunda fase será no domingo, dia 28.11, e também vai movimentar o mesmo aparato de segurança.

Os municípios de Cuiabá, Várzea Grande, Rondonópolis e Cáceres concentram 45% dos estudantes que vão fazer a prova do Enem, um total de 23.435 estudantes. Essas cidades contam com câmeras de monitoramento distribuídas em pontos estratégicos e vão auxiliar as forças de segurança a acompanhar os locais de realização das provas mais próximos.

Segundo o coordenador de Planejamento e Monitoramento da Sesp, tenente coronel Marcus Vinícius Akira Sakata, a operação inicia antes da prova e termina após o exame. “As ações iniciam muito antes da execução do Enem. Então, nós temos planejados desde a escolta dos materiais, devolução das provas até o policiamento e monitoramentos dos locais de prova”, lembrou.

O secretário adjunto de Integração Operacional, tenente coronel Sebastião Carlos Rodrigues da Silva, destacou que a operação contará com um gabinete de crise que reunirá representantes das forças de segurança em caso de ocorrências graves. “Tomaremos as medidas cabíveis conforme a lei, seguindo as regras do Ministério da Justiça”, disse.

A Operação Integrada – Enem 2021 vai contar com a integração das forças de segurança estaduais e federais, como Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, além da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos.

(Da Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorComo lidar com o nervosismo na hora do Enem
Próximo artigoComunicação da vacinação contra febre aftosa passa a ser online