Operação da PF prende suspeitos de explorar e vender ouro ilegal

Justiça determinou também o bloqueio de aproximadamente R$ 146 milhões

Policiais federais estão desde as primeiras horas da manhã desta terça-feira (18) cumprindo mandados judiciais em endereços localizados em cidades de quatro estados: Amapá, Goiás, Pará e São Paulo. As ações fazem parte da Operação Ouro Perdido, deflagrada pela Polícia Federal (PF) para combater uma organização criminosa instalada no Oiapoque, no Amapá, especializada nos crimes de exploração e comercialização ilegal de ouro extraídos de garimpos clandestinos no Brasil, Suriname e na Guiana Francesa.

As investigações apuraram que vários estabelecimentos comerciais da cidade amapaense seriam destinos de ouro extraído clandestinamente da região fronteiriça entre do Brasil, da Guiana Francesa e do Suriname. Além disso, os estabelecimentos investigados vendiam o ouro extraído ilicitamente “para pessoas físicas e jurídicas, incluindo uma instituição financeira, localizadas em diversas regiões do Brasil”.

“Durante as investigações houve troca de informações entre as autoridades brasileiras e francesas (Gendarmerie e Ministério Público Francês) acerca da possível prática de crimes em território francês. A Cooperação Policial Internacional foi realizada com auxílio dos Oficialatos de Ligação da Polícia Federal na Guiana Francesa e do Centro de Cooperação Policial existente na cidade de Saint-Georges-de-l’Oyapock”, diz a PF em nota.

Os policiais cumprem 20 mandados de prisão temporária e 36 de busca e apreensão em endereços no Oiapoque em Macapá, no Amapá; em Itaituba, no Pará; em Goiânia, capital de Goiás; e em Guarulhos, Jundiaí, Limeira e São Paulo, no estado de São Paulo. A Justiça determinou também o bloqueio de aproximadamente R$ 146 milhões e a suspensão e proibição das atividades comerciais e financeiras dos investigados.

As ações contam com apoio da Receita Federal, do Ministério Público Federal, da Força Aérea Brasileira e do Exército Brasileiro.

Segundo a PF, o nome da operação, Ouro Perdido, é uma referência ao fato de o minério extraído ilegalmente de áreas clandestinas no Brasil, Suriname e na Guiana Francesa, causando perdas financeiras e ambientais para os três países.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMauricio de Sousa chora após assistir sessão de Turma da Mônica: Laços com família
Próximo artigoRobert Downey Jr, o Homem de Ferro, é eleito Melhor Herói no MTV Awards 2019

O LIVRE ADS