Oncomed-MT lança campanha contra o preconceito referente ao exame de toque

Ancorada por Romeu Benedicto e Totó Bodega, objetivo é defender o diagnóstico precoce do câncer de próstata

O avô, o pai, um tio, um amigo. Quando o assunto é câncer de próstata, muita gente conhece alguém que teve ou está lutando contra a doença. Segundo tipo de tumor mais frequente entre os homens brasileiros, ele deve ultrapassar a marca dos 65 mil novos casos este ano, de acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca). Silencioso na fase inicial, costuma ser descoberto tardiamente, em razão, sobretudo, da baixa procura pelo diagnóstico precoce. Diante deste cenário a Oncomed, clínica cuiabana especializada no tratamento multidisciplinar do câncer, lança a campanha “Novembro Azul: sua vida vale mais do que qualquer tabu”.

Ancorado pelo ator Romeu Benedicto, o vídeo feito para veiculação em TV e internet traz um diálogo entre o ator e seu carismático personagem. Tudo começa em um banheiro público, onde Romeu percebe que Totó está urinando “de gotinha”. “Esse gotejamento pode ser sintoma…”, alerta. Totó, por sua vez, tenta mudar o rumo da prosa, dizendo que está tudo bem. Diante da insistência do ator, o personagem decide ir ao médico, mesmo “ressabiado” com o exame de toque. O filme termina com o personagem dizendo, em tom de brincadeira, que “nem sentiu”, numa recomendação que os homens façam o exame. “Detcha de moadge. Nossa vida vale mais que quarqué tabu”, arremata, com a risada que é a marca registrada de Totó Bodega.

O tabu ao qual se refere é o exame de toque retal, que deve ser feito uma vez por ano, após os 50. Indolor, o procedimento dura menos de 10 segundos e é realizado em consultório, por médico especializado (urologista ou oncologista), sendo capaz de verificar alterações na próstata. “Sabemos que o câncer de próstata é coisa séria, que pode levar à morte, mas buscamos no humor a leveza capaz de fazer essa mensagem chegar aos corações das pessoas, sensibilizando quem está na fase de passar pelo procedimento”, explica Romeu Benedicto.

No rádio, a campanha adota um tom diferente, ponderando que há doenças novas, como a Covid, naturalmente desafiadoras pode serem desconhecidas. No áudio, Benedicto faz um apelo ao bom senso: “…mas há aquelas que a gente conhece bem. O câncer de próstata, por exemplo: o Novembro Azul tá aí só pra lembrar”, diz, enfatizando a importância da consulta e dos exames.

O diagnóstico

O câncer de próstata costuma evoluir lenta e silenciosamente. No estágio inicial alguns sintomas podem surgir, dentre os quais a urina em gotejamento e o aumento da frequência na vontade de urinar. Em estágios mais avançados, ele pode provocar dores nos ossos, presença de sangue na urina e no sêmen. O caminho para detectar a doença começa pelo exame de toque aliado ao Antígeno Prostático Específico (PSA), teste sanguíneo simples, feito em laboratório. Mediante o quadro apontado por ambos, o médico por solicitar a realização de biópsia.

O tratamento

“A medicina vem evoluindo muito nesta área. Hoje, as formas de tratar o câncer de próstata têm conseguido, cada vez mais, preservar as funções orgânicas, ampliando a qualidade de vida do paciente”, explica o médico Cláudio Ohashi, radioterapeuta da Oncomed-MT. “Dispomos de tecnologias que nos permitem tratar a próstata de forma minimamente invasiva. A Radioterapia de Intensidade Modulada (IMRT) é um exemplo disso. É uma avançada modalidade de tratamento, de alta precisão, que possibilita a administração de altas doses de radiação diretamente no tumor, minimizando as doses nos tecidos sadios do entorno”, observa.

A estratégia de tratamento do câncer de próstata pode incluir quimioterapia, radioterapia, cirurgia e hormonioterapia, conforme cada caso requerer.

Risco

Quilos a mais, idade acima dos 50. Os fatores obesidade e envelhecimento são os dois mais preponderantes na classificação de risco para o câncer de próstata. A existência de casos na família também deve ser considerada, no caso de pai ou irmão terem apresentado a doença antes dos 60 anos, informa o Inca.

Quem é ela?

A próstata é uma glândula que só o homem possui e que se localiza na parte baixa do abdômen. Órgão pequeno, com formato de maçã, se situa logo abaixo da bexiga e à frente do reto (parte final do intestino grosso). A próstata envolve a porção inicial da uretra, tubo pelo qual a urina armazenada na bexiga é eliminada. Ela produz parte do sêmen, líquido espesso que contém os espermatozoides, liberado durante o ato sexual.

Tabu pra que? Ixpia a mensagem do Romeu e do Totó:

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorHomem é preso por sequestrar e estuprar criança de nove anos em Cuiabá
Próximo artigoMinistro diz que preço do petróleo ainda vai subir mais