Oito urnas tiveram a tecla “7” arrancadas em São Paulo

Os autores do crime estão detidos até o fim do processo eleitoral

(Divulgação)

Ao todo, oito urnas eletrônicas tiveram a tecla “7” danificadas ou até arrancadas do equipamento. A ação, considerada crime eleitoral, prejudica diretamente o candidato à presidência Jair Bolsonaro (PSL), cujo número nas urnas é o 17.

Segundo informações do portal paulista Mixturando, as urnas eletrônicas precisaram ser trocadas. Logo, a ação atrasou a votação em algumas sessões.

Os envolvidos na ação, que não tiveram identidades reveladas pela polícia, estão detidos até o fim do processo eleitoral.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

1 COMENTÁRIO

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorApoiadores de Ciro emplacam a tag #Bolsonaro12 no Twitter
Próximo artigoPolarização na eleição é destaque na imprensa internacional