Obreiro evangélico é preso por abusar de criança dentro da igreja

O homem abusou da menina quando ela foi até o bebedouro da igreja

Um homem de 64 anos foi preso na manhã desta segunda-feira (17) acusado de abusar sexualmente de uma menina de sete anos. Jovelino Teles de Menezes atuava como obreiro em uma igreja evangélica localizada no Bairro Cidade Alta, em Cuiabá, e o crime aconteceu, segundo a polícia, dentro do templo.

O suspeito foi descoberto depois que, nesse domingo (16), fiéis da igreja chamaram o pastor e disseram que o obreiro tinha abusado da criança, que também participava de atividades da igreja. Decidido a resolver o caso, na manhã desta segunda-feira (17) o pastor acompanhou o suspeito até a Delegacia Especializada de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (Deddica).

A princípio, o suspeito foi ouvido e negou as acusações. Porém, ao checar o nome dele no sistema, os policiais encontraram uma ordem de prisão pelo crime de estupro. Ele assumiu ter cometido o crime, mas alegou não saber sobre a condenação.

Os investigadores, então, foram até a residência da vítima de sete anos e conversaram com a mãe da menina, que confirmou que a filha tinha sido estuprada pelo obreiro quando foi até o bebedouro da igreja. Segundo o relato da mãe, o homem teria segurado a menina pelo braço e acariciado as partes íntimas dela.

A criança foi levada à Deddica e atendida pela equipe psicossocial da delegacia, ficando comprovado o abuso. Com isso, o suspeito foi preso em flagrante pelo crime de estupro de vulnerável.

A Polícia Judiciária Civil agora investiga se outras crianças também foram vítimas do acusado.

(Com Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.