Obreiro de igreja é acusado de tentar estuprar adolescente na rua

A tentativa de estupro aconteceu próximo à casa da vítima e ao local onde o suspeito é obreiro

Uma adolescente de 16 anos registrou um boletim de ocorrência na noite dessa quinta-feira (28) afirmando ter sido abusada sexualmente pelo obreiro de uma igreja de um centro terapêutico.

O estupro, segundo a menina, aconteceu próximo à sua casa, em uma região de chácaras, no Assentamento Lagoa Azul, em Cuiabá, por volta das 23 horas.

Conforme o relato da menina, ela estava indo à casa de uma amiga que mora perto, quando, em uma parte do trajeto que é escura e isolada, foi agarrada pelo obreiro.

Ele teria colocado a mão na boca da adolescente, impedindo que ela gritasse, e passou a tocar os seios dela e a forçar um beijo na boca.

Ela conseguiu se soltar, mas ele colocou novamente a mão na boca dela, que o mordeu para se libertar. Assim que ele tirou a mão, ela começou a gritar por socorro.

O suspeito saiu correndo em direção ao Centro Terapêutico onde é obreiro e a menina voltou para casa.

Ela contou ao irmão e a Polícia Militar foi acionada. Uma equipe foi enviada ao local e, depois de ouvir a menina, procurou pelo suspeito na companhia da vítima e do irmão, mas ele não foi localizado.

A adolescente e o irmão, então, foram encaminhados para a Central de Flagrantes de Cuiabá, onde o caso foi registrado como tentativa de estupro de vulnerável.

O LIVRE produziu um manual para você saber como agir, caso tenha sido vítima ou testemunha de um crime sexual:

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorCasos da covid-19 em MT devem dobrar nos próximos dias, diz secretário
Próximo artigoGoverno paga 1º lote de restituições do IR

O LIVRE ADS