“O pessoal reclama do desemprego, mas quem fechou o comércio não fui eu”, diz Bolsonaro

O presidente criticou prefeitos e governadores pelo fechamento da economia

(Foto: Marcello Casal Jr/ABr)

Na tarde desta terça-feira (13), o presidente Jair Bolsonaro voltou a criticar as medidas de isolamento social. De acordo com o presidente, são essas medidas que elevam o desemprego pelo Brasil.

O pessoal vem reclamando que acabou o emprego, mas quem fechou o comércio não fui eu”, disse o presidente.

Bolsonaro ainda criticou os prefeitos e governadores que decretaram lockdown em diversas regiões do Brasil. De acordo com o presidente, a atitude seria uma forma de ditadura.

“Eu faço a minha parte. Impressionante. O pessoal, em vez de dar força a mim, critica. Não sou ditador do Brasil”, afirmou. “Quem deu o poder para Estados e municípios fazerem o que estão fazendo? Inclusive, ignorando a Constituição. Quem foi que deu esse poder?”, concluiu o presidente.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorTRE analisa recurso de Avalone
Próximo artigoPolícia cumpre buscas em 14 pontos investigados por tráfico de drogas na Capital