Número de desocupados na pandemia tem nível mais baixo em setembro

Dados da Pnad mostram que 168 mil pessoas não tinham emprego em Mato Grosso - e 144 mil estavam em desalento

(Foto: Reprodução)

Mato Grosso registrou em setembro o número mais baixo de pessoas desocupadas durante a pandemia. Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apontam 168 mil pessoas com idade igual ou superior 14 anos estavam sem trabalho no mês passado. 

O patamar mais baixo, até o momento, vem de queda consecutiva. A maior quantidade foi registrada em junho, mês em que 187 mil pessoas estavam sem trabalho em Mato Grosso. 

Esse nível caiu para 172 mil em julho e para 170 mil em agosto. Conforme a Pnad, a taxa de desocupação no Estado se manteve estável no mês passado, representando 9,8% da parcela. 

No mesmo período, 1,5 milhão de pessoas estavam empregadas num universo de 2,4 milhões em idade economicamente ativa. Mato Grosso tem hoje a quinta menor taxa de desocupação no país. 

Desse total, 541 mil estavam na informalidade, o que representou crescimento em relação ao período anterior de 15 mil trabalhadores sem carteira assinada. 

Frustração e desalento

Paralelamente, 144 mil pessoas que estavam desocupadas em setembro não procuraram emprego ou por conta das condições da pandemia ou porque não havia vaga de emprego na área em que moram. 

Esse grupo tem oscilado nos últimos meses. Em maio, estava em 168 mil pessoas, caiu para 147 mil em junho e subiu para 175 mil em julho, voltando a cair para 167 mil em agosto. 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorÁguas Cuiabá faz novas melhorias no Sistema Central de Abastecimento neste sábado
Próximo artigoMato Grosso registra 45 feminicídios de janeiro a setembro