Número de abate no primeiro semestre é o maior dos últimos quatro anos em MT

Fator pressiona preço do boi gordo, que registra aumento de quase 12% em relação ao mesmo período no ano anterior

Crédito: Leonardo Soares/ Estadão Conteúdo

O número de animais abatidos entre janeiro e julho de 2018 é o maior dos últimos quatros anos em Mato Grosso. No primeiro semestre foram abatidos 2,961 milhões de animais, média de 423 mil cabeças por mês, um acréscimo de 2,3% ante a média mensal registrada nos primeiros seis meses de 2017.

Só no último mês de julho foram enviados para a linha de abate 499,78 mil animais, crescimento de 7,45% em relação a junho de 2018. Esse também é o maior volume abatido em um mês desde fevereiro de 2014.

Segundo dados do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), aos poucos, os machos vão “ganhando corpo” na escala dos frigoríficos, movimento natural devido a sazonalidade anual da pecuária. “A partir de julho o descarte de fêmeas em idade reprodutiva começa a diminuir, enquanto que os machos suplementados e/ou confinados começam a ter maior volume nas entregas dos pecuaristas”, aponta o relatório.

O aumento de machos indo para o abate foi de 23,08%, enquanto as fêmeas reduziram o seu total abatido em 8,30%, no comparativo mensal.

Boi gordo

A menor oferta de animais no mercado tem pressionado as cotações do boi gordo em Mato Grosso. À vista a arroba está sendo cotada a R$ 128,81, alta de 0,37% ante a semana anterior. Em relação ao mesmo período do ano anterior a alta chega a quase 12%, a arroba passou de R$ 115,93 na primeira semana de agosto de 2017 para R$ 128,81 nesta semana, diferença de R$ 12,88.

Já a cotação do bezerro de ano registrou desvalorização de 2,56% no comparativo semanal, partindo de R$ 1.261 para R$ 1.229.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorSeis pessoas são presas por tentativa de furto ao Banco do Brasil – veja fotos
Próximo artigoConheça os vices dos cinco candidatos a governador de MT

O LIVRE ADS