Novos radares e lombadas passam a funcionar nesta segunda em Cuiabá

O período educativo já foi. Quem descumprir as regras, a partir de agora, vai sentir no bolso

(Foto: Ednilson Aguiar/ O Livre)

Quatro novos radares e três lombadas eletrônicas passam a multar motoristas que excederem o limite de velocidade ou ultrapassarem o sinal vermelho, a partir desta segunda-feira (1º), em Cuiabá.

No período educativo, durante o mês de fevereiro, quem descumpriu as regras recebeu apenas notificações. A partir de agora, a medida punitiva é direto no bolso.

As multas para quem trafegar em velocidade acima do permitido devem variar entre R$ 130,16 e R$ 880,41, além da perda de quatro a sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Segundo a Prefeitura, os aparelhos foram aferidos pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro).

A implantação atende a um pedido do Ministério Público de Mato Grosso e foi feita em locais com maior índice de acidentes de trânsito. (Confira abaixo os trechos).

Radares fixos

  • Avenida Dante  Martins de Oliveira (em ambos os sentidos – próximo ao muro do condomínio Alphaville);
  • Rodovia Emanuel Pinheiro (MT 251) – (em ambos os sentidos – nas proximidades da Associação do Ministério Público Estadual);
  • Rodovia Helder Cândia (MT 010) – (em ambos os sentidos – nas proximidades da Escola de Formação e Aperfeiçoamento de Praças – Esfap);
  • Av. Fernando Correa da Costa – sentido bairro/centro (nas proximidades da rodoviária de Cuiabá).

Lombadas eletrônicas

  • Rodovia Emanuel Pinheiro (ambos os sentidos da pista – nas proximidades do supermercado Paulista);
  • Avenida Vicente Vuolo (nas proximidades do Parque das Nascentes);
  • Fernando Corrêa da Costa (em ambos os sentidos – nas proximidades da feira de Goiânia)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorO cavalinho Xomano e o cuiabanês
Próximo artigoDê o seu melhor