Novelli é eleito presidente do TCE-MT via “acordão” de conselheiros

Novelli chega novamente ao comando do tribunal meses após ser reintegrado, sob andamento de processo judicial de propina

(Foto: Reprodução/Tony Ribeiro/TCE-MT)

O conselheiro José Carlos Novelli foi escolhido presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE) nesta quarta-feira (3), em uma votação de acordo. Ele recebeu voto a favor de todos conselheiros titulares e vai comandar tribunal entre 2022 e 2023. 

O cargo de vice-presidente ficou com o conselheiro Valter Albano. Ambos voltaram a integrar o pleno do TCE neste ano, após quase quatro afastados por ordem do Supremo Tribunal Federal (STF). 

Eles são investigados por suposto recebimento de propina no governo de Silval Barbosa (2010-2014) para aprovar as contas da Copa do Mundo de 2014, cujas as principais obras entraram em inquérito policial por indícios de corrupção. 

LEIA TAMBÉM

Será a terceira vez que José Carlos Novelli ocupa o cargo de presidente do Tribunal de Contas. O último mandato foi exercido entre 2012 e 2013 e o primeiro em 2001, por escolha do então governador Dante Martins de Oliveira (morto em 2006). 

Desta vez, a eleição ocorreu por acordo entre os titulares do pleno. No fim de setembro, o atual presidente Guilherme Maluf anunciou uma estratégia informal da eleição que evita a concorrência. 

O combinado foi que a cada período de encerramento de mandato os conselheiros titulares, únicos com direito a voto, se reúnam para negociar o consenso em torno de um nome. O escolhido da vez foi Novelli. 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorQuentin Tarantino vai leiloar cenas inéditas de Pulp Fiction como NFTs
Próximo artigoSindicatos atacam Ministério do Trabalho e pedem demissão de não vacinados