Novacki e o canibalismo

Segundo nota publicada no jornal Folha de S. Paulo, Novacki teria levado um vídeo com animais cometendo canibalismo ao presidente

(Foto: Divulgação)

O ministro interino da Agricultura, Eumar Novacki, levou ao presidente Michel Temer na última sexta-feira (25) um vídeo em que animais cometiam canibalismo. A ideia de Novacki era alertar o presidente dos riscos para os animais, sobretudo as aves, representado pela greve dos caminhoneiros – que impede a chegada de insumos aos locais de criação. Segundo nota publicada na coluna Painel, do jornal Folha de S. Paulo, Novacki teria sido alertado pelo diretor-executivo da ABPA, Ricardo Santin, de que mais de 50 milhões de aves morreram desde o início das paralisações e mais de 1 bilhão podem morrer ainda. O LIVRE antecipou a informação sobre os riscos para esse contingente de aves na última sexta-feira (25).

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorArmazenamento ilegal de combustível causa incêndio em casa de sargento da PM
Próximo artigoReflexões do momento – a greve