Nova espécie de dinossauro é descoberta na Argentina

Fóssil do Llukalkan, que significa "aquele que mete medo", tem cerca de 80 milhões de anos

(Foto: Jorge Blanco)

Uma nova espécie de dinossauro, com cerca de 80 milhões de anos, batizada de Llukalkan aliocranianu, foi descoberta na Argentina. A pesquisa que levou à descoberta foi divulgada na publicação científica Journal of Vertebrate Paleontology.

O fóssil é uma das dez espécies de abelissauros que proliferavam nos continentes do sul, no tempo em que os tiranossauros prosperavam no Hemisfério Norte. O animal estaria “entre os principais predadores”durante o período do Cretáceo Superior.

A tese baseia-se no tamanho do dinossauro, que podia chegar aos cinco metros de comprimento, e na sua mandíbula poderosa, dentes afiados e nas enormes garras nos pés. Os pesquisadores consideram que ele poderia também ter olfato muito apurado.

O crânio do Llukalkan, que significa “aquele que mete medo”, era curto e com ossos ásperos, por isso sua cabeça devia exibir protuberâncias e proeminências como alguns répteis atuais.

A composição do crânio sugere que a espécie era dotada de uma audição melhor do que a maioria dos outros abelissauros, bastante semelhante à dos atuais crocodilos.

Importância da descoberta

“Esta é uma descoberta particularmente importante porque sugere que a diversidade e abundância de abelissauros era notável, não apenas na Patagônia mas também em áreas mais locais durante o período de prosperidade dos dinossauros”, disse o paleontólogo da Universidade Nacional de San Juan e autor principal do estudo, Federico Gianechini.

Os abelissauros eram uma família dominante de dinossauros terópodes (bípedes e com pés com três dedos), com comprimento médio entre cinco e nove metros.

Por meio da análise dos fósseis encontrados, os especialistas concluíram que a nova espécie se locomovia verticalmente sobre os seus membros posteriores, e as suas enormes garras seriam usadas para esquartejar as presas.

(Com Agência Brasil)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMinistro do STF libera cerimônias religiosas presenciais na Páscoa
Próximo artigoFamosa liderança do MBL declara apoio a Lula em 2022