Nova cédula deve impulsionar a economia, mas é preciso ficar atento à inflação

Economista diz que cédula de R$ 200 já estava programada pelo Banco Central, mas a pandemia fez mudar o contexto econômico

(Foto: Reprodução/Divulgação)

A nota de R$ 200 estava com lançamento programado pelo Banco Central desde o fim de 2019, onda de retomada econômica do Brasil. A intenção era colocar mais papel moeda, de olho no impulso de crescimento. 

A pandemia mudou o contexto, mas manteve o objetivo. O economista Ernani Lúcio de Souza, pesquisador da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), diz que a nota tem a missão de colocar mais dinheiro em circulação num cenário em que os brasileiros estão segurando suas reservas. 

“A emissão da nota neste ano deve colocar R$ 350 bilhões em circulação no país. O objetivo do Banco Central é fazer circular dinheiro, porque a pandemia está fazendo os brasileiros segurarem o que eles têm para gastar somente com o essencial, as coisas do dia a dia”, explica. 

Segundo o Banco Central, 450 milhões de notas de R$ 200 vão ser impressas até dezembro. 

O economista Ernani Lúcio de Souza afirma que a ação está sustentada no lastro de R$ 380 bilhões que os brasileiros têm em reserva, parte que foi gerada pela pandemia, que entraram no cálculo de base monetária e meio de pagamento. 

Contudo, ele alerta que a injeção monetária somente dará certo se o país conseguir segurar a inflação nos próximos meses. 

“A inflação está abaixo de zero, mas se medidas de contenção não forem tomadas daqui para frente, ela pode subir ao ponto de afetar o consumo, e nesse cenário a entrada da nova nota não ajudará muito”, comenta. 

Questionado se o cenário demandava a criação de uma nova nota do Real, ele explicou que o Banco do Central visou a economia, já que para alcançar a mesma quantia em cifra seria necessário a impressão de mais cédula, gerando mais gastos. 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorGoverno conclui asfaltamento da MT-410 e incentiva desenvolvimento do Vale do Arinos
Próximo artigoRecém-operada, mulher é agredida por companheiro enquanto amamenta filha