Nova “brincadeira” da internet pode colocar crianças em risco

Desafio ficou famoso na internet e já causou a morte de uma adolescente no Rio Grande do Norte

Alunas dão rasteira em colega

Adolescentes dão rasteiras nos próprios colegas que caem e batem a cabeça no chão. A nova “brincadeira” ficou famosa e virou febre na internet e já causou a morte de uma adolescente no Rio Grande do Norte.

O chamado ‘Desafio da Rasteira’ ou ‘Quebra crânio’ coloca as crianças em risco e preocupa especialistas.

Por causo dos riscos irreversíveis, a Sociedade Brasileira de Neurocirurgia (SBN) emitiu um alerta aos pais e educadores.

Isso porque, a queda pode causar lesões irreversíveis como traumatismo cranioencefálico e danos à coluna vertebral.

Como consequência, a vítima pode ter:

  • o desempenho cognitivo afetado;
  •  fraturar diversas vértebras;
  • ter prejuízo ao movimento do corpo;
  •  ir a óbito.

Os responsáveis pela queda dos colegas podem responder na Justiça por lesão corporal grave e até esmo homicídio culposo – quando não há intenção de matar.

Em Mato Grosso, a Secretaria Estadual de Educação (Sedudc-MT) emitiu orientação às escolas da rede estadual para prevenir sobre os riscos do desafio.

No documento, o órgão recomenda que todas as unidades escolares e assessorias pedagógicas intensifiquem campanhas de informação e conscientização dos alunos e familiares.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorApós reboot, O Grito vai virar série na Netflix
Próximo artigoHorário estendido

O LIVRE ADS