Nova Acrópole celebra filosofia com homenagem aos 500 anos de Leonardo da Vinci

Evento contará com exposição, apresentações artísticas e palestra sobre o Renascimento

Professora da Nova Acrópole, Ana Cristina Machado será a palestrante do evento

Uma exposição com réplicas de pinturas renascentistas, apresentações de dança, música, poesia e a palestra da filósofa Ana Cristina Machado marcam as celebrações do Dia Mundial da Filosofia, celebrado no dia 21 de novembro.

A ação organizada pela Nova Acrópole, em cooperação com a Unesco Brasil, será neste sábado (30), a partir das 18h no auditório do Centro Sebrae de Sustentabilidade. A temática que move o evento é “Os ideais do Renascimento”, numa homenagem aos 500 anos de Leonardo da Vinci.

A entrada é gratuita, mas O evento tem entrada franca. As inscrições podem ser feitas pela internet, no Sympla [clique aqui].

Renascimento

O Renascimento constituiu um momento histórico de grandes transformações. Resgatou o humanismo, promoveu uma revolução na arte e no pensamento humanos. A semana fará um diálogo entre os ideais do Renascimento, a obra de Da Vinci e a necessidade de combinar o desenvolvimento da razão e dos sentimentos.

Se o Renascimento foi fundamental para promover grandes mudanças, também teve como legado posterior um racionalismo excessivo que despreza ideais e sentimentos. “É preciso pensar em desenvolver mente e emoções, levando a um ser humano lúcido e ao mesmo tempo empático e verdadeiramente humano”, afirma a professora Ana Cristina Machado.

Carbono Zero

Entre os diferenciais do evento está a ‘neutralização’ dos impactos da emissão de gases de efeito estufa (GEE) devido ao deslocamento de pessoas, geração de resíduos, utilização de energia e água.

Para compensar todos esses fatores, a Nova Acrópole em parceria com a Ciclos Consultoria e o Instituto Ação Verde vão plantar mudas de árvores nativas nas proximidades do rio Cuiabá. O número de mudas é calculado de acordo com o público presentes no evento.

O evento é uma promoção da Nova Acrópole em cooperação com a UNESCO do Brasil. Conta ainda com o apoio do Centro Sebrae de Sustentabilidade, Ação Verde, Nuvem Tecnologia e Ciclos Consultoria.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorEleitores com mais de 70 anos precisam fazer a biometria
Próximo artigoDança e teatro em Chapada: espetáculo será encenado na Igreja de Santana