Norte Show termina com avaliações positivas e data marcada da próxima edição

A 3° edição da feira acontecerá entre os dias 21 e 24 de abril do próximo ano

Foto: Assessoria

Com um aumento de 23% no número de expositores – comparado ao ano anterior – e uma circulação de aproximadamente 20 mil pessoas durante os dias de evento, a 2° edição da feira agropecuária Norte Show, realizada no parque de exposições da Associação dos Criadores do Norte de Mato Grosso (Acrinorte) em Sinop (500 Km de Cuiabá), chegou ao fim na tarde desta quarta-feira (17).

“Todos os dias de feira foram excepcionais. Superou nossas expectativas em todos os sentidos. Todos os fatores colaboraram, os expositores estão todos satisfeitos, elogiando. Cresceu muito em relação à feira anterior”, explicou o presidente do Sindicato Rural – um dos organizadores do evento – Ilson José Redivo.

Redivo ainda destacou que o maior objetivo da feira era trazer desenvolvimento para região e todo o Estado. Segundo ele, quando o ser humano aprende coisas novas ele “evoluiu mais na vida”.

“Sinop é um pólo regional de desenvolvimento e nosso objetivo é justamente esse. Uma prova disso foi que buscamos fazer com a Norte Show oferecesse aos produtores, além de oportunidades de negócios, diversas palestras técnicas. Então, quando os agricultores têm acesso a essas informações, ele vão melhorar a capacidade de produtividade”, argumentou.

Para o presidente a Norte Show, a feira já conseguiu a consolidação almejada no cenário nacional do agronegócio.

“Precisamos pensar no futuro, em quatro, cinco anos. Assim como o sistema agropecuário tem que fazer seu planejamento pensando no amanhã, a longo prazo. Esse planejamento é constante e necessário para nos consolidarmos cada vez mais”, destacou, acrescentando que a 3° edição da Norte Show já tem data marcada: entre os dias 21 e 24 de abril de 2020.

Novidades

Essa edição da feira contou com inúmeros diferenciais e atrativos. Entre os pontos marcantes estiveram as palestras técnicas ministradas por profissionais especialistas e renomados em diversos segmentos. A lista incluiu até a ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Tereza Cristina, que abordou o tema “O Futuro do Agronegócio em Mato Grosso e no Brasil”.

Durante sua passagem pelo parque da Acrinorte, na terça-feira (16), ela elogiou a estrutura do evento e destacou a potência de Mato Grosso. “Sou agrônoma e produtora rural e o agronegócio tem sucesso graças a essa união, a essas ações. Também não podemos esquecer que Mato Grosso é o maior produtor nacional, então, isso aumenta a necessidade de eventos desse porte”, ressaltou.

Crescimento e tecnologia

O encerramento do ciclo de palestras da Norte Show 2019 ficou por conta do presidente da John Deere no Brasil, Paulo Hermann. O executivo iniciou sua trajetória na empresa em 1999 e ocupa a posição de presidente desde 2012. Ele abordou as tecnologias no agronegócio e, em entrevista, falou sobre o desenvolvimento de Mato Grosso.

Presidente da John Deere no Brasil, Paulo Hermann (Foto: Felipe Dero)

“O Estado é um dos principais mercados quando se fala em produtividade e, cada vez, se expande mais. Enquanto a produção de soja cresceu 3% no Brasil, em Mato Grosso cresceu 10%. Com isso, já podemos ter noção da pujança do Estado. Além disso, os problemas estruturais já estão sendo resolvidos, então, a tendência é crescer ainda mais”, declarou.

Hermann ainda afirmou que o cenário atual do agronegócio é positivo, tanto considerando perspectivas do passado, quanto do futuro.

“Um setor que, em 10 anos, consegue superar em duas vezes as reservas cambiais que o país tem não é um setor em crise, mas em expansão, em crescimento. Isso considerando o passado. Quando olhamos para o futuro, creio que é melhor ainda. Os melhores dias do agronegócio ainda estão por vir”, pontou.

Para finalizar, o executivo ressaltou a importância de os agricultores utilizarem as tecnologias oferecidas.

“Lamentavelmente, os nossos produtores não usam a tecnologia oferecida em sua plenitude. Entregamos muito mais tecnologia, conhecimento, do que é colocado em prática e utilizado. O país tem uma capacidade gigantesca quando se trata de fabricação de tecnologia e é essencial que os agricultores utilizem para elevar ainda mais nosso agronegócio”, concluiu, definindo a Norte Show como um evento “fantástico”.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorEstreias da semana: terror mainstream e drama histórico entram no circuito comercial
Próximo artigoContas aprovadas

O LIVRE ADS