Nomeação sem validade

MP pediu à Justiça que Câmara de Cuiabá seja obrigada a anular ato que deu posse a Ralf Leite como vereador

(Foto: Reprodução/Internet)

O Ministério Público de Mato Grosso (MPE) pediu à Justiça para suspender a nomeação do suplente Ralf Leite (MDB) no cargo de vereador na Câmara de Cuiabá.   

Segundo o órgão, a posse cedida pela Câmara confronta a condenação à perda de direitos políticos de Leite, que ainda está vigente. 

“A Câmara foi devidamente comunicada da suspensão, o que torna ainda mais viciado à decisão judicial”, diz um trecho da petição divulgada nesta segunda-feira (14). 

O Núcleo de Defesa do Patrimônio Público e da Probidade Administrativa encaminhou uma notificação ao presidente da Câmara, Misael Galvão (PTB), recomendando a anulação do ato que concedeu posse a Ralf Leite. 

Ralf Leite foi condenado por ato de improbidade administrativa pela prática de nepotismo, cuja decisão transitou em julgado em 18 de dezembro de 2019.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorOpções para não usar cartão de crédito em compras online
Próximo artigoEmpresas de Cuiabá retomam a realização de eventos com rígidos protocolos de segurança