Nome de solteiro

Projeto de lei autoriza viúvos a descartarem os sobrenomes de seus cônjuges falecidos

(Foto: Ednilson Aguiar/O Livre)

Um projeto de lei em trâmite no Senado quer autorizar pessoas viúvas a reassumirem seus nomes de solteiro. Atualmente, só quem se divorciou tem essa possibilidade, segundo previsão do Código Civil.

A proposta é de autoria do senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE). Ele argumenta que, hoje, há pessoas recorrendo ao Poder Judiciário para poder retomar os sobrenomes de suas famílias, o que contribui para o grande volume de processos e lentidão do sistema.

Diz ainda que, em países como a Alemanha, esta possibilidade já está ao alcance dos cidadãos há tempos.

“De fato, há de competir a cada um, pelas mais diversas razões, poder ou não reaver o seu nome de nascimento com final da sociedade conjugal”, defende.

O projeto tramita na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), onde aguarda designação de um relator.

(Com Agência Senado)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorHomem espanca a namorada e a cunhada por elas negarem sexo a três
Próximo artigoBoca Suja é campeão do Carnaval em Cuiabá e leva prêmio de R$ 35 mil