No SUS, de cada dez atendimentos por acidente, oito são de motociclistas

Ainda segundo o levantamento, os homens representaram 67,1% dos atendimentos nas unidades de saúde e as mulheres 50,1%

Imagem ilustrativa (Arquivo Agência Brasil)

Sobre os atendimentos de pessoas envolvidas em acidentes de transporte, um levantamento do Ministério da Saúde diz que a cada dez pessoas atendidas por hospitais do Sistema Único de Saúde (SUS), oito são motociclistas.

Ainda segundo o levantamento, em se tratando de acidentes de transporte, os homens representaram 67,1% dos atendimentos nas unidades de saúde e as mulheres 50,1% e a faixa etária mais acometida são os jovens entre 20 e 39 anos. Os números fazem parte da pesquisa VIVA Inquérito 2017, realizada a cada três anos pela pasta.

Em 2018, os acidentes de trânsito causaram 183,4 mil internações que custaram R$ 265 milhões ao SUS. No ano anterior, o número de internações foi 181,2 mil ao custo de R$ 259 milhões, sendo que mais de 50% das internações envolveram motociclistas.

Operações de segurança

Para reduzir a violência no trânsito, o governo federal lançou a Operação Rodovida 2019. A ação integra órgãos federais, como o Ministério da Saúde, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e o Ministério da Infraestrutura, em articulação com estados e municípios.

A operação vai incluir o período de festividades de Natal, Ano-Novo e Carnaval por elevar o fluxo de veículos que circulam nas rodovias federais de todo o país.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorRetrospectiva Brasil 2019 – Relembre o que foi notícia em maio
Próximo artigoMulher mata marido com facada nas costas e filho presencia o crime