No mês dos pais Poder Judiciário faz mutirão com exame gratuito de DNA

Quem quer regularizar o nome de registro dos filhos deve comparecer à diretoria dos fóruns mato-grossenses até o dia 2 de agosto

(Foto: Ednilson Aguiar/ O Livre)

O direito à paternidade é garantido pela Constituição Brasileira e, por isso, o Poder Judiciário de Mato Grosso realiza no mês de agosto o mutirão Pai Presente. O movimento é nacional e visa reduzir o número de pessoas sem a paternidade reconhecida no país, estimulando o reconhecimento voluntário da paternidade.

Os interessados em regularizar o nome de registro dos filhos devem comparecer à diretoria dos fóruns mato-grossenses até o dia 2 de agosto. As audiências serão realizadas entre os dias 12 e 17 de agosto (no interior), e no dia 17 em Várzea Grande (das 7h às 12h) e em Cuiabá (das 13h às 17h).

O comparecimento antecipado é necessário por conta das intimações que devem ser feitas, conforme explicou o juiz auxiliar da Corregedoria Gerardo Humberto Alves da Silva Júnior. Conforme o magistrado, a expectativa é de que 100 pessoas sejam atendidas em Cuiabá e Várzea Grande.

“A comunicação anterior é necessária para a intimação do suposto pai e para o seu comparecimento. Então, há duas possibilidades de participar do mutirão: primeiro se a mãe ou representante legal levar os documentos para que o suposto pai seja localizado e intimado, ou se todos comparecerem de forma espontânea no dia do mutirão”, disse o juiz.

Os interessados devem levar cópia dos documentos pessoais da mãe e filho, e o máximo de informações sobre o pai – em especial endereço para que seja intimado.

O magistrado também destacou que a ação é desenvolvida pela Corregedoria do Judiciário mato-grossense ao longo de todo o ano, sendo que em agosto a campanha é intensificada com o mutirão, que possibilita, por exemplo, a solicitação de exames gratuitos de DNA.

(Com assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorCada um cuida do seu: caminhões de lixo deixarão de transitar no centro de Cuiabá
Próximo artigoPetrópolis doou R$ 3 milhões a Taques

O LIVRE ADS