Cantoras premiadas nacionalmente se apresentam em show gratuitos

A partir das 18h, o público também será contemplado com peças teatrais e apresentação do grupo Samba Brasilis

No segundo dia de programação do festival Vem Pra Arena, as mamães cuiabanas poderão comemorar o domingo (13) com shows gratuitos. Trata-se de atrações que incluem a vencedora do prêmio nacional Profissionais da Música 2018, Estela Ceregatti, e a cantora revelação no Programa Novos Talentos, Karola Nunes, que, na ocasião, lança seu primeiro EP “Já É”.

Antes delas, o público será contemplado com peças teatrais, a partir das 18h30. A última apresentação é do grupo Samba Brasilis, que aquece o Palco Arena com canções clássicas da música brasileira, às 21h.

Estela Ceregatti. Foto: Bruna Obawoski

Destaque no cenário autoral mato-grossense, Karola Nunes apresenta aos cuiabanos, às 19h, três composições gravadas em novos arranjos de seu primeiro EP: “Já é”, “Flora” e “Ces’t La Vie”. Completando o repertório, a jovem cantora expressa sua sonoridade tipicamente brasileira com canções já conhecidas pelo público que acompanha sua carreira.

Atualmente, Karola percorre o interior do Estado através do edital ‘Circula MT’ com o show autoral “Somos Som”, carregado de influências do baião, reggae, maracatu e até do rasqueado.

Estela Ceregatti sobe ao palco com o show “Ar”, resultado de seu primeiro disco solo, lançado em 2017. Cantora, compositora e multi-instrumentalista, apresenta diversas fases de sua trajetória, marcada pela participação no grupo Monofoliar, ao lado da percussionista Juliane Grisólia e o baixista, e marido de Estela, Jhon Stuart.

Grupo Tibanaré com Andarilhos das Estrelas

Ela é a primeiro mato-grossense a conquistar o Prêmio Grão, responsável por revelar novos talentos no país e, este ano, ainda emplacou o prêmio Profissionais da Música 2018, na categoria Artista Raiz Regional.

Intervenções artísticas também tomam conta do local. Os Andarilhos das Estrelas interagem com o público entoando músicas do cancioneiro popular e ainda no segmento das artes cênicas, Carlão dos Bonecos participa com suas marionetes e o coletivo Caixas no Caminho realiza apresentações de teatro lambe-lambe.

O grupo Capoeira Vip, as intervenções do coletivo Clichês de Rua e o grafite com o Movimento Rota também marcam presença na ocasião.

A Biblioteca Itinerante Estevão de Mendonça e o projeto Inclusão Literária representam no segmento da literatura, estimulando o hábito da leitura. O evento conta também com a participação do luthier de viola de cocho, Alcides Ribeiro e com oficinas de Pipas, pelo Teatro em Sena e recreativas, pelo Sesc.

 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorCom plantio de palmeiras, começa reforma do canteiro da Prainha
Próximo artigoMães de crianças com câncer: as super-heroínas da vida real