Neurilan de saída

Presidente da AMM diz que poderá desistir de novo mandato após a Justiça suspender eleição da próxima semana

(Foto: Ednilson Aguiar/ O Livre)

A suspensão pela Justiça do calendário de votação na Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM) poderá tirar o atual presidente Neurilan Fraga da disputa pelo quarto mandato seguido. 

Ele disse que irá consultar os prefeitos que o apoiam para saber como a decisão será recebida e só depois decidirá se recorrerá ou não da internação judicial. Neurilan tem, em tese, o apoio de ao menos 30 prefeitos que o reelegeram em novembro.  

Em nota divulgada nesse sábado (12), Fraga disse que recebeu com naturalidade a  suspensão do pleito, mas afirmou que a associação é uma instituição privada e “seu estatuto só pode ser alterado através de assembleia geral”.  

A votação marcada para terça-feira (15) está suspensa por decisão do juiz da 1ª Vara de Fazenda Pública de Cuiabá, Onivaldo Budny. Ele acatou recurso do prefeito eleito de Campo Verde, Alexandre Lopes Oliveira (PDT). 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorBusca de documentos para censo previdenciário gera filas e reclamações de tumulto
Próximo artigoVai reunir a família na ceia de Natal? Veja cinco opções para encomendar pratos