Nelore-MT promove leilão virtual com 60 animais para todo o país

A expectativa do evento é movimentar aproximadamente R$ 500 mil

Foto: Divulgação

Com o intuito de levar ao mercado brasileiro touros melhoradores, a Associação dos Criadores Nelore de Mato Grosso (ACNMT) promoverá na segunda-feira (25), a partir das 19h30, um leilão virtual para todo Brasil de 60 animais na faixa etária de 24 meses. A expectativa do evento é movimentar aproximadamente R$ 500 mil.

O presidente da Nelore, Breno Molina, explica que esta é uma oportunidade para os pecuaristas adquirirem touros com uma genética superior, já que todos eles possuem Registro Genealógico Definitivo (RGD), foram avaliados e selecionados na prova de ganho de peso a pasto (PGP) da associação deste ano e também a partir de outros critérios genéticos.

“Mato Grosso possui o maior rebanho bovino do país, com aproximadamente 30,3 milhões de animais, dos quais 90% da raça Nelore e ‘anelorado’. A proposta da nossa entidade é oferecer aos cerca de 100 mil pecuaristas mato-grossenses meios de modernizar e intensificar a produção, com touros jovens e com biótipo adequado principalmente à produção de carne”.

Leia também:
Prova de ganho de peso busca evolução da pecuária em MT
Sinônimo de carne saborosa no Brasil, Nelore promove festival de churrasco

O conselheiro técnico da Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (ABCZ), José Ferreira Pankowski, pontua que além do registro definitivo (RGD), que certifica o padrão de qualidade da raça Nelore, os touros possuem avaliação genômica por meio do programa clarifide, ultrassonografia de carcaça; e a maioria ainda participa de programas de melhoramento genético.

“É importante destacar que esses animais disponíveis para o leilão participaram da prova a pasto da Nelore, mas dentre o total de 100 avaliados, foram selecionados apenas aqueles classificados nas categorias elite, superiores e alguns regulares, ou seja, somente com genética realmente superior e que podem promover impacto na produção já no primeiro ano”.

O criador Luiz Antonio Felippe, que é ex-presidente da Nelore, explica que a técnica mais eficiente e rápida para a modernização da criação na pecuária é utilizando touros melhoradores. Ele destaca bom desempenho de todos no sistema de avaliação EPMURAS: estrutura corporal (E), precocidade (P), musculosidade (M), umbigo (U), características raciais (R), aprumos (A), características sexuais (S).

“Há cerca de três anos adquirimos 14 animais oriundos de provas de ganho de peso e eles tiveram o desempenho muito acima da média em fertilidade, desempenho e isso promoveu uma revolução na nossa propriedade, atualmente de gado P.O. (puro de origem) e no Pantanal”.

Breno Molina, presidente da Nelore-MT, adquirirem touros com uma genética superior
Presidente da Nelore, Breno Molina, lembra que os pecuaristas podem adquirir touros com genética superior

Logística

A Associação possui uma logística de entrega dos animais para todo o Brasil, com programação de frete para o estado de Mato Grosso, isso inclui produtores que adquirirem um touro e possuir fazenda a um raio de 300 km de Cuiabá. Existem ambém rotas para as outras regiões e, para carga fechada, os animais poderão ser levados a uma distância de até 1.500 km da capital mato-grossense.

O zootecnista Leonardo Fernandes Mendonça, técnico de campo da associação, acrescenta que os animais passaram por exame andrológico, para verificar a aptidão para serem reprodutores, também estão casqueados (técnica de higienização e saúde dos casos do animal) e com o preparatório para o leilão. “O registro definitivo é um diferencial importante que oferece garantia de que não haverá mudanças que impactem, por exemplo, na reprodução desses touros”.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorSaiba quais exigências Bolsonaro terá que cumprir para a criação de um novo partido
Próximo artigoO mercado e suas surpresas