Negócio da China 2

Cerca de 600 respiradores devem ser importados diretamente da China pelo governo do Estado

(Fotos: Marcos Vergueiro/ Secom-MT)

O governo de Mato Grosso deve importar equipamentos da China para o combate a Covid-19. Entre as aquisições estão cerca de 600 respiradores mecânicos.

Parte deles será destinada ao novos leitos do Hospital Metropolitano, em Várzea Grande. A unidade passa por ampliação e deve receber casos graves da doença.

O valor do investimento nas obras é estimado em R$ 2,5 milhões.

Segundo o secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo, ainda não é possível mensurar o investimento a ser feito em função da instabilidade do mercado.

Isso porque, um respirador que há 20 dias custava R$ 40 mil, hoje é vendido por até R$ 70 mil, conforme Figueiredo.

“Por isso, temos um profissional nosso lá na China tratando dessa intermediação. Até o próximo final de semana, provavelmente, vamos ter comprado os equipamentos”.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorFlagrado tentando estuprar a cunhada, homem parte pra cima da esposa
Próximo artigoSaúde indígena