Negócio com a Rússia

Mato Grosso e outros Estados montaram consórcio para comprar a vacina Sputnik, do laboratório União Quimica

(Foto: Ednilson Aguiar/O Livre)

O governador Mauro Mendes (DEM) entrará em negociação com o laboratório União Química, produtor da vacina Sputnik, para a compra de doses extras do imunizante contra a covid-19. Ele compõe o grupo de governadores em consórcio interestadual. 

A reunião acontece nesta terça-feira (2), em Brasília, com a participação de um representante da embaixada russa. Conforme o governador, a intenção é antecipar o prazo de compra para o primeiro semestre, com compra da mesma quantidade doses. 

“A oferta que temos hoje é para setembro, outubro; mas queremos para março, abril. O planejado é cada Estado comprar a mesma quantidade de doses, passar elas para o Ministério da Saúde, que devolvera para os Estados”, disse. 

Mato Grosso tenta negociar 1,5 milhão dose, com a possibilidade de subir essa intenção de compra para 4 milhões.

LEIA TAMBÉM

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorDieta de informação
Próximo artigoVacinação contra covid-19 é retomada nesta terça em Cuiabá