Negociação com a Casa Civil

Segundo prefeito Emanuel Pinheiro, ministro General Ramos é o interlocutor do pedido por mais vacinas para Cuabá

(Foto: Reprodução/Agência Brasil)

Cuiabá tenta negociar com o ministro da Casa Civil, general Luiz Eduardo Ramos, o envio de remessas maiores de doses vacina em compensação à realização de jogos da Copa América na Capital. 

Conforme o prefeito Emanuel Pinheiro, o contato iniciou logo após a confirmação do Brasil como país sede da competição. Cuiabá foi escolhida para receber jogos. A conversa estaria sendo intermediada pelo deputado federal Emanuelzinho (PTB).  

Segundo ele, a Secretaria de Saúde fez um levantamento para apresentar ao ministro de  quantas doses são necessárias para imunizar cerca de 80% dos cuiabanos. E o número constatado é 670 mil. 

LEIA TAMBÉM

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorErro de cálculo? Seis cidades de MT precisam de 10 mil doses da Coronavac
Próximo artigoCovid: diário da vacina #10