“Não vou nem ler”

Selma Arruda diz que colunista da Folha pode publicar o que quiser, porque ela não vai ler

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

A senadora eleita Selma Arruda (PSL) se recusou a dar sua versão sobre as acusações que vem sofrendo, de prática de caixa 2 na campanha, e disse à colunista Monica Bergamo, da Folha de S.Paulo, que ela poderia publicar o que quisesse.

“É a mesma coisa que vocês [jornalistas] acusaram o Bolsonaro, né? Pode colocar o que você quiser porque eu não vou nem ler”, disparou Selma.

Na coluna desta quarta-feira (24), Monica Bergamo diz que a juíza aposentada é conhecida como o Sergio Moro de Mato Grosso. Ela cita o processo do ex-marqueteiro de Selma, Junior Brasa, que cobra uma dívida de R$ 1,1 milhão, e a ação que o terceiro colocado na disputa pelo Senado, Carlos Fávaro (PSD), deve entrar para tentar cassar a eleita.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMulher apanha do marido porque escreveu o nome de Fernando Haddad na palma da mão
Próximo artigoBolsonaro diz que políticas afirmativas reforçam “coitadismo” no país

O LIVRE ADS